Publicidade

Estado de Minas DENÚNCIA

Mulher é presa após fazer compra com notas falsas de R$ 200

A bombeiro civil, de 23 anos, pega com as notas falsas, relatou que não sabia da falsidade das notas


02/10/2020 14:27

(foto: Polícia Federal/Divulgação )
(foto: Polícia Federal/Divulgação )
Uma bombeiro civil, de 23 anos,foi autuada em flagrante por realizar um pagamento com cinco notas de R$ 200 reais, totalizando um valor de R$ 1.000 reais, em cédulas falsas. A mulher foi atuada, no final da tarde dessa quinta-feira (1º/10), pela Polícia Militar e Federal em Carpina, Zona da Mata Norte de Pernambuco.
Ao receberam a denúncia do comerciante, os policiais fizeram buscas e localizaram a mulher apontada como sendo a pessoa que tinha repassado as notas falsas. Na na casa da suspeita, foram encontrados um caderno e mais cinco notas de R$ 200 e duas de R$ 20, além dos materiais comprados na locadora. Ao todo, foram apreendidos R$ 2.040 reais em notas falsas.

A mulher pega com as notas falsas relatou que não sabia da falsidade das notas e que havia sido contratada para receber valores referentes a venda de cosméticos. E que esse patrão havia lhe informado que mandaria uma pessoa lhe entregar 10 notas de R$ 200 reais para que ele pudesse efetuar o pagamento e receber a mercadoria que havia sido comprada numa equipadora de veículos. E ao retirar as compras e levar para sua residência foi abordada por policiais militares informando que se tratava de notas falsas.

A bombeira civil foi encaminhada para a sede da Polícia Federal no Cais do Apolo, para os procedimentos de polícia judiciária, onde acabou sendo autuada em flagrante pelo crime de introduzir em circulação nota falsa. Caso seja condenada, poderá pegar penas que variam de 3 a 12 anos de reclusão, além do pagamento de multa. Hoje ocorre a audiência de custódia e, caso seja confirmada sua prisão preventiva, será encaminhada para a Colônia Penal Feminina.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade