Publicidade

Estado de Minas MANAUS

Homem é detido após retirar corpo da avó de túmulo e dançar com cadáver

Ao se deparar com a cena macabra, moradores da região e familiares, amarraram o autor em um poste até a chegada da polícia


postado em 02/07/2020 17:03 / atualizado em 02/07/2020 17:36

A avó do homem já tinha falecido há dois anos(foto: Redes Sociais/Reprodução)
A avó do homem já tinha falecido há dois anos (foto: Redes Sociais/Reprodução)
Um homem foi detido em Manaus na madrugada desta quinta-feira (2) após desenterrar o corpo da avó no cemitério Morro da Liberdade, localizado na Zona Sul da cidade, e dançar com o cadáver na rua. Os familiares afirmaram que ele tem problemas psiquiátricos. 
 
De acordo com populares, o homem saiu do cemitério com o cadáver nos ombros, caminhando pela rua. Ao se deparar com a cena macabra, moradores da região e familiares, o amarraram em um poste até a chegada da polícia. 
 
Procurada pelo Estado de Minas, a Polícia Civil do estado do Amazonas, afirmou que o Boletim de Ocorrência (BO) foi registrado no 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), localizado na Praça 14 de Janeiro, na Zona Sul de Manaus. Eles explicam que uma viatura da PM foi acionada e ao chegar na rua Jacira Goes, no Morro da Liberdade, se deparou com o autor do crime já amarrado por seus familiares.
 
Segundo o pronunciamento, a avó do homem já tinha falecido há dois anos. 
 
Ainda de acordo com os policiais, o autor estava visivelmente alterado e foi encaminhado ao Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto, no Bairro Adrianópolis. 
 
O delegado Rafael Guevara, titular do 1º DIP, afirmou, que até o momento, o autor se encontra internado, e ao receber alta, será encaminhado ao 2º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde será dado o andamento dos procedimentos. 
 

Outras tentativas

 
Esta não é a primeira tentativa de retirada do corpo. De acordo com os familiares do autor do crime, o homem tinha o costume de ir até o cemitério para conversar com a avó, que morreu em 2018. Eles explicam que ele já havia tentado retirar o cadáver do cemitério em outras ocasiões.

Em vídeo que circula nas redes sociais, o autor do crime fala que desenterrou a avó porque gostaria de “doar todos os órgãos para ela” para fazer um transplante
 
*Estagiária sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade