Publicidade

Estado de Minas SUSTO

Dona de casa encontra gafanhoto 'gigante' em cima de geladeira no MS

O inseto foi capturado e colocado dentro de um pote de vidro e depois solto em uma área verde de Coxim, cidade do interior do estado


postado em 30/06/2020 16:27 / atualizado em 30/06/2020 17:07

Gafanhoto é da espécie Tropidacris collarise(foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Gafanhoto é da espécie Tropidacris collarise (foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Uma dona de casa de 19 anos levou um susto ao encontrar um gafanhoto 'gigante' em cima da geladeira, na cozinha da casa onde vive, na noite desse domingo (28), em Coxim, município que fica a 230 km de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

Em entrevista concedida ao G1, Sara Cristine disse que ficou preocupada com as notícias da aproximação da nuvem de gafanhotos, que ronda a Argentina e o Uruguai, e ao ver o inseto, pensou que poderia ser um deles. “A porta da cozinha estava aberta e este gafanhoto com certeza entrou por ela. Foi um grande susto ver aquele inseto daquele tamanho”, contou.

De acordo com a dona de casa, o inseto tinha aproximadamente 10 centímetros. O marido dela capturou o inseto e o colocou dentro de um pote de vidro antes de soltá-lo de volta na natureza.

Entrevistado pelo site, Renan Olivier, biólogo e mestre em biologia animal, com foco em entomologia (gafanhotos) da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, (UFMS), afirmou que a espécie encontrada por Sara não é da mesma que devastou as plantações dos países vizinhos nos últimos dias.

Segundo ele, “o inseto encontrado em Coxim é da espécie Tropidacris collarise e alguns desse gênero podem chegar a até 20 centímetros de envergadura com as asas abertas".

Ainda de acordo com o especialista, de cerca de 12.400 espécies de gafanhotos existentes no mundo, só 700 ocorrem no Brasil.
 
Gafanhotos têm, no geral, de um a dois centímetros de comprimento, mas alguns do gênero Tropidacris podem alcançar mais de 13 centímetros. 
 
*Estagiário sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade