Publicidade

Estado de Minas

Mandetta:'Vamos fazer o máximo de isolamento social, sim'

Pedindo parcimônia para enfrentar a crise, ministro citou o sambista Paulinho da Viola


postado em 31/03/2020 18:38 / atualizado em 31/03/2020 20:49

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta(foto: Reprodução/TV)
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (foto: Reprodução/TV)

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, reafirmou a recomendação de isolamento social para conter o avanço do coronavírus no Brasil, em coletiva de imprensa desta terça feira (31), no Palácio do Planalto. “Vamos trabalhar com o máximo de planejamento. E vamos fazer, sim, o máximo de isolamento social”, disse. Mandetta disse que a determinação vai ser reavaliada conforme a pandemia avançar, liberando a circulação caso o monitoramento da doença dê espaço para isso.

 

O ministro afirmou que as medidas do governo serão tomadas com base no aspecto científico e sempre consultando os acadêmicos. “Temos problemas de moradia, transporte público. O Brasil vai enfrentar o seu quadro social. E vamos enfrentar com as armas que nós temos”, disse.

Mandetta citou o sambista Paulinho da Viola para recomendar parcimônia no enfrentamento da crise. “‘Faça como um velho marinheiro, que durante o nevoeiro leva o barco devagar’. Vamos passar (pela crise) na marcha certa, nem tão parado que a gente possa ser arrastado e não tão acelerado que a gente possa cair numa cachoeira”, disse.

 

* Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa. 

 

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade