Publicidade

Estado de Minas

Após tentar salvar dono de assassinato, cão fica horas ao lado da vítima

Scooby pertencia a Auri Rogério há pelo menos dois anos


postado em 13/02/2020 19:53 / atualizado em 13/02/2020 20:04

Imagem ilustrativa(foto: Pixabay/Reprodução)
Imagem ilustrativa (foto: Pixabay/Reprodução)
Moradores da cidade de Santana do Livramento, no Rio Grande do Sul, presenciaram uma cena comovente nesta quarta-feira (12). É que um cachorro ficou ao lado do corpo do seu dono, morto durante a madrugada, do momento do crime até o fim do trabalho da perícia da Polícia Civil. 
 
De acordo com a corporação, Auri Rogério Lemes Mendes, de 32 anos, foi visto discutindo com um homem no Bairro Divisa. Imagens de câmeras de segurança registraram o momento em que o cachorro Scooby correu atrás do suspeito, preso em flagrante horas depois do assassinato.
 
Giovana Müller, a delegada que investiga o caso, ainda não sabe qual arma foi usada no crime, mas suspeita de que tenha sido uma chave de fenda. 
 
Moradores da região disseram aos policiais que o cão estava sempre ao lado do dono. Scooby pertencia a Auri Rogério há pelo menos dois anos. A família da vítima deverá adotar o animal. 


Publicidade