Publicidade

Estado de Minas

Jovem brasileira desaparece em aeroporto da Espanha

A família da jovem é de Votorantim, a 106,1 km de São Paulo, e começou uma campanha nas redes para ajudar nas buscas


postado em 31/01/2020 18:48 / atualizado em 31/01/2020 19:06

(foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
(foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)
A brasileira Estela Cristina Romero Vieira, de 21 anos, está desaparecida desde 28 de janeiro. A jovem saiu de São Paulo com destino a Barajas, distrito de Madrid, na última terça-feira e desde então não foi mais vista. De lá, ela deveria ter pegado outro voo para a província de Granada, onde mora com a mãe, mas o último registro dela foi no aeroporto de Barajas. Estela não chegou a embarcar.

A família da jovem é da cidade de Votorantim, 106,1 quilômetros de São Paulo, eles começaram uma campanha nas redes para ajudar nas buscas. O caso é destaque na mídia espanhola. 

(foto: Reprodução/Redes Sociais)
(foto: Reprodução/Redes Sociais)
Em um vídeo divulgado nas redes sociais, a tia da jovem, Catia, afirma que Estela era fã do estilo musical K-pop e estava em dezenas de grupos nas redes sociais que falam sobre o assunto. De acordo com ela, a sobrinha teria sido aliciada por coreanos para ser maquiadora de um grupo em Seul, capital da Coreia.

A mãe da menina procurou a polícia espanhola para denunciar o aliamento da jovem antes mesmo dela viajar para o Brasil."Toda a família e amigos estão desesperados para encontrá-la. Escrevemos para ela o tempo todo, esperando uma resposta. Eu não durmo, não como, tenho plena consciência de que ela apareceria se fosse possível", disse a mãe da jovem ao portal Europa Press.

A polícia está investigando as imagens da câmara do aeroporto de Barajas para ver a jovem foi abordada por alguém. 

As brasileiras atraídas pelo K-pop


Em setembro de 2019, cinco homens foram acusados de forçar pelo menos sete mulheres brasileiras a se prostituírem. As jovens viajavam para o país após serem enganadas com a promessa de uma carreira artística no K-pop, mas foram vítimas de exploração sexual no país. 




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade