Publicidade

Estado de Minas

Policial civil mata namorado de ex-companheira

Polícia Civil vai analisar nesta segunda-feira as imagens de segurança do condomínio em que a vítima morava


postado em 02/12/2019 14:51 / atualizado em 02/12/2019 18:29

(foto: Reprodução/Facebook)
(foto: Reprodução/Facebook)
O personal trainer Thiago Garcia Henriques foi assassinado com dois tiros disparados pelo ex-marido da namorada, que é policial civil em Goiás. O crime aconteceu no sábado, em Vicente Pires, região administrativa do Distrito Federal. A Polícia Civil vai analisar nesta segunda-feira as imagens de segurança do condomínio em que a vítima morava.

De acordo com o delegado da 38ª DP (Vicente Pires), Eder Charneski, o ex-policial se separou da mulher há 11 meses. No entanto, ele não teria se conformado com a separação.

A mulher teria contado a ele que estava se relacionando com outra pessoa. “Eles tinham uma boa relação, até porque têm uma filha de 10 anos. Eles moravam na mesma rua, mas ele não aceitava o fim do relacionamento. Ficava insistindo, ligando, mandando mensagens e já havia ameaçado se matar”, diz o delegado.

Charneski afirma que Thiago tentou acalmar o policial civil. “Ela se colocou na frente dele, tentou segurar a arma por duas vezes, mas foi derrubada. A mulher se recorda de ele ter dito: ‘Calma, brother’. Logo depois, o Raimundo efetuou os disparos e colocou a arma na própria cabeça”, destacou o delegado.
 
*A estagiária está sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 


Publicidade