Publicidade

Estado de Minas

Preces, comoção e indignação marcam sepultamento do padre Casemiro

Padre polonês foi vítima de latrocínio no sábado (21/9). Antes do enterro, sacerdote foi homenageado em duas m


postado em 23/09/2019 22:56

Padre Marian Kulesza presta homenagem a Kazimierz Wojno(foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Padre Marian Kulesza presta homenagem a Kazimierz Wojno (foto: Carlos Vieira/CB/D.A Press)

"Casemiro está feliz." Essas foram as palavras do padre polonês Marian Kulesza ao final do sepultamento do compatriota Kazimierz Wojno, vítima de latrocínio no último sábado (23/9). Orações e indignação marcaram o adeus de fiéis, amigos e familiares a Casemiro, como era conhecido o padre da paróquia Nossa Senhora da Saúde, na 702 Norte.

O sepultamento aconteceu às 17h desta segunda-feira (23/9). Marian discursou em homenagem ao sacerdote e alertou sobre a violência dos dias atuais, principalmente contra os cristãos. " São tempos muito difíceis para o cristianismo, os cristãos são atacados em todo o mundo por fazer a coisa certa, são seguidos por seguir o que o cristianismo prega", disse.

O padre também ressaltou a importância de preservar valores morais e da natureza. "Cada um de nós deveria estar consciente do que está acontecendo no mundo de hoje. Devemos prezar os valores da natureza, a Amazônia, e os valores morais. Não se pode desligar do cristianismo", acrescentou.

m outro momento do enterro, um militar do Exército que estava entre os muitos fiéis que foram se despedir prestou continência ao padre e destacou os trabalhos de Casemiro ao país. "Casemiro apresentou-se pronto para o serviço, pronto para servir a nossa pátria, então a ele nossa gratidão e o nosso sinal de respeito a este grande e valoroso soldado."
 
Antes do enterro, Casemiro foi homenageado em duas cerimônias na Nossa Senhora da Saúde. A missa de sétimo dia está marcada para sábado, às 17h, também na paróquia.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade