Publicidade

Estado de Minas

Mulher é detida tentando entrar em presídio com 'carta' escrita no lado avesso da calça

O agente que operava o scanner corporal da unidade desconfiou do nervosismo da visitante, esposa de um detento, que acabou confessando que as anotações


postado em 17/07/2018 21:33 / atualizado em 17/07/2018 23:47

Ela foi suspensa do rol de visitas e o marido isolado preventivamente(foto: SAP/Divulgação)
Ela foi suspensa do rol de visitas e o marido isolado preventivamente (foto: SAP/Divulgação)
Uma mulher de 54 anos foi detida ao tentar entrar no Centro de Detenção Provisória (CDP), localizado em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, com uma calça legging onde, do lado avesso, estava escrita uma carta. O caso aconteceu no último domingo (15).
 
De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária de São Paulo (SAP), o agente que operava o scanner corporal da unidade desconfiou do nervosismo da visitante, esposa de um detento, que acabou confessando que as anotações, conhecidas como “salve”, estavam escritas na parte interior da roupa.
 
Ainda segundo a SAP, ela teria recebido a calça já com a escrita de uma pessoa que não conhecia. Assim como nos demais casos de apreensões com visitantes, ela foi suspensa do rol de visitas e o marido isolado preventivamente. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade