Publicidade

Estado de Minas

Vale reconhece provisão adicional para programas da Fundação Renova


postado em 17/07/2018 21:24

São Paulo, 17 - A Vale informou nesta terça-feira, 17, que fez uma atualização da provisão relacionada aos programas da Fundação Renova, relacionados à reparação e compensação dos impactos do rompimento da barragem da Samarco. A mineradora informa que reconhecerá uma provisão adicional de R$ 1,5 bilhão nas suas demonstrações contábeis intermediárias de 30 de junho de 2018.

Em fato relevante envidado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a empresa explica que as provisões totalizam o valor presente das estimativas da sua responsabilidade secundária no suporte aos trabalhos da Fundação Renova, e são equivalentes a 50% das obrigações adicionais da Samarco pelos próximos 12 anos.

"A provisão inicial de R$ 3,7 bilhões, feita no segundo trimestre de 2016, foi baseada nas melhores estimativas preliminares do custo total dos 42 programas a serem implementados pela Fundação Renova, de acordo com o primeiro acordo com as Autoridades Governamentais, datado de 02 de março de 2016", explica. Segundo a Vale, a Fundação Renova foi posteriormente estabelecida em 30 de junho de 2016 e, após substancial progresso no desenvolvimento e execução dos programas, as estimativas foram revisadas e os dispêndios desses programas atualizados.

(Beth Moreira)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade