Publicidade

Estado de Minas

Amigos prestam homenagem à jovem morta após tentativa de roubo de celular

Os bandidos teriam se irritado porque não conseguiram desbloquear o aparelho


postado em 16/05/2018 13:48 / atualizado em 16/05/2018 14:18

oraia levou um tiro na cabeça, foi encaminhada para o Hospital Municipal Evandro Freire, mas não resistiu(foto: Facebook/Reprodução)
oraia levou um tiro na cabeça, foi encaminhada para o Hospital Municipal Evandro Freire, mas não resistiu (foto: Facebook/Reprodução)
Familiares e amigos homenagearam Soraia Macedo de Lemos, de 17 anos, nas redes sociais nesta quarta-feira, 16. A adolescente foi morta, na noite de terça-feira, na Ilha do Governador, na Zona Norte do Rio de Janeiro, após uma tentativa de roubo de celular.

Soraia levou um tiro na cabeça, foi encaminhada para o Hospital Municipal Evandro Freire, mas não resistiu. Os bandidos teriam se irritado porque não conseguiram desbloquear o aparelho.

Em nota, a Polícia Militar do Rio informa que policiais do 17º BPM (Ilha do Governador) foram acionados na noite desta terça-feira para uma ocorrência na rua Estocolmo, no bairro Guarabu, na Ilha do Governador, na zona norte do Rio, para verificar um caso de roubo. No local, não encontraram vítimas.

Os agentes procederam para o Hospital Evandro Freire e localizaram a adolescente de 17 anos, ferida.

Os militares foram informados que a jovem foi rendida por dois bandidos em uma moto que tentaram levar seu celular. (Renata Okumura)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade