Publicidade

Estado de Minas

Ossada é encontrada nos escombros de prédio que desabou em SP

De acordo com o secretário, os ossos devem ser de mais de uma pessoa, pois foram encontrados 'um pouco espalhados', mas na mesma área


postado em 08/05/2018 12:18 / atualizado em 08/05/2018 13:55

Até o final desta tarde, o Instituto Médico Legal (IML) Central deve confirmar se os fragmentos ósseos são de uma criança com aproximadamente 8 anos, idade dos meninos desaparecidos(foto: Corpo de Bombeiros/São Paulo )
Até o final desta tarde, o Instituto Médico Legal (IML) Central deve confirmar se os fragmentos ósseos são de uma criança com aproximadamente 8 anos, idade dos meninos desaparecidos (foto: Corpo de Bombeiros/São Paulo )

São Paulo - O Corpo de Bombeiros encontrou fragmentos de ossos, brinquedos e um anel dourado nos escombros do Edifício Wilton Paes de Almeida, que desabou há uma semana após um incêndio no centro da cidade de São Paulo. O anúncio foi feito nesta terça-feira, pelo secretário da Segurança Pública de São Paulo, Mágino Alves Barbosa Filho.

Segundo o secretário, os fragmentos de ossada são compatíveis ao de adulto e criança e podem ser de uma família. Entre os desaparecidos, estão Selma Almeida da Silva, de 48 anos, e seus dois filhos gêmeos (Welder e Wender). Também nesta terça-feira, 8, foi encontrado um corpo de dimensões reduzidas, que poderia ser de uma criança - ainda que as condições não permitam estas conclusões, segundo o Corpo de Bombeiros.

Até o final desta tarde, o Instituto Médico Legal (IML) Central deve confirmar se os fragmentos ósseos são de uma criança com aproximadamente 8 anos, idade dos meninos desaparecidos. "Esses ossos estão muito sujos e estão sendo levados agora para o IML. Lá sofrerão um tratamento para que a gente possa efetivamente afirmar se são ossos também de criança ou ossos também de adultos", afirmou o secretário.

De acordo com o secretário, os ossos devem ser de mais de uma pessoa, pois foram encontrados "um pouco espalhados", mas na mesma área.

Nas proximidades dos corpos, os bombeiros encontraram também brinquedos, além de um anel dourado grosso e ornamental. Mágino Alves descartou que seja uma aliança. "Foi encontrado também algo que sugere ser os ossos de uma mão. Próximo desses ossos, foi localizado um anel dourado largo, que deve ser um anel de adulto, e não de criança", disse.

(Juliana Diógenes)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade