UAI
Publicidade

Estado de Minas

Polícia procura pai flagrado em vídeo ao espancar filha de 3 anos

Acusado de tortura, ele é considerado foragido


postado em 30/12/2015 19:37 / atualizado em 30/12/2015 20:52


O supervisor de segurança David Vargas dos Santos, que aparece em vídeo torturando a filha de 3 anos, é considerado foragido. A Polícia Civil de Franco da Rocha, cidade da Região Metropolitana de São Paulo, procura o agressor. As fortes imagens – que mostram a menina aos gritos, enquanto o pai a espanca com o uso de um cinto – foram feitas pela mulher dele, no último 15 de dezembro.

O material foi entregue à polícia, que pediu a prisão temporária de Santos à Justiça, sob a acusação de tortura. De acordo com um investigador da delegacia que apura o caso, a Justiça acatou o pedido nesta quarta-feira (30/12). No entanto, David está foragido. O policial informou que o suspeito, que não tinha passagem anterior pela polícia, não é visto desde o dia do crime.
 
O vídeo da agressão, publicado nas redes sociais, dura 26 segundos. Nele, o supervisor de segurança diz que vai bater na menina porque ela está chorando. David ainda ém informado que está sendo gravado, mas ignora o aviso e  golpeia a menina 12 vezes. Enquanto bate nela com o cinto, o agressor ainda puxa a filha pelo braço de forma violenta.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade