UAI
Publicidade

Estado de Minas

Eduardo Campos morre em acidente aéreo

Candidato à Presidência da República estava em jato particular com mais seis pessoas. Campanha ainda não se manifestou. Marina Silva se dirigiu para o litoral paulista


postado em 13/08/2014 11:24 / atualizado em 13/08/2014 15:46

Eduardo Campos estava na aeronave junto com outras seis pessoas(foto: Reprodução/Twitter)
Eduardo Campos estava na aeronave junto com outras seis pessoas (foto: Reprodução/Twitter)

O candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB) morreu na manhã desta quarta-feira em um acidente aéreo em Santos (SP). O ex-governador de Pernambuco saiu do Aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, para um compromisso no Guarujá (SP). O piloto tentou aterrisar, mas devido ao mau tempo, arremeteu e fez um novo procedimento de aproximação. Nesse momento, o jato caiu próximo ao Canal 3, bairro nobre de Santos, sobre uma academia de ginástica na Rua Vahia de Abreu, no Boqueirão. Além de Campos, também morreram no desastre aéreo o fotógrafo Alexandre da Silva, o assessor Carlos Augusto Leal Filho (Percol), os pilotos Geraldo da Cunha e Marcos Martins; Pedro Valadares Neto e Marcelo Lira.


Casas foram atingidas com a queda da aeronave(foto: Pato Rodriguez OK / Twitter)
Casas foram atingidas com a queda da aeronave (foto: Pato Rodriguez OK / Twitter)
Segundo a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), os certificados de aeronavegabilidade e a inspeção anual de manutenção estavam em dia. A aeronave foi fabricada em 2011 e foi exposta na edição 2012 da LABACE, a feira de aviação executiva que acontece anualmente no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

O jato pertence ao Grupo Andrade Empreendimentos e Participações, com sede em Ribeirão Preto, mas estava à disposição da comitiva de campanha do candidato Eduardo Campos.

Repercussão


A morte de Campos deixou políticos e partidários estarrecidos. Ao Blog da Bertha, o candidato do PSB ao governo de Minas, Tarcísio Delgado, afirmou que está  "completamente traumatizado e em estado de choque". O prefeito de Belo Horizonte,
prefeito Marcio Lacerda (PSB), diz estar chocado com o acidente. "É uma grande perda para o partido e para o processo democrático".


A assessoria de imprensa do deputado federal e presidente do PSB em Minas, Julio Delgado, informou que o líder do partido não está em condições de falar com a imprensa. “Ele tinha uma relação muito próxima com o Eduardo e por isso pedimos a compreenção neste momento difícil”, afirmou a assessoria.


O candidato do PSDB à Presidência da República, Aécio Neves, cancelou na tarde desta quarta-feira, 13, toda a agenda de hoje no Rio Grande do Norte e também os compromissos que estavam previstos em Patos, na Paraíba. Assim que seu avião aterrissou em Natal, Aécio recebeu as nformações sobre o acidente envolvendo a aeronave de Eduardo Campos (PSB) e desceu para dar uma declaração à imprensa.

"Estamos todos absolutamente perplexos com as notícias envolvendo o candidato e meu amigo Eduardo Campos. Estamos cancelando toda nossa genda no Rio Grande do Norte e as outras que teríamos", afirmou Aécio.

A presidente Dilma Rousseff cancelou a agenda de campanha pelos próximos três dias e fará um pronuncialmento na tarde desta quarta-feira.

Pelas redes sociais, autoridades e personalidades brasileiras lamentaram o ocorrido.

Veja onde ocorreu o acidente 

(foto: Arte/Soraia Piva)
(foto: Arte/Soraia Piva)
 


Rua onde aconteceu o acidente segue fechada pela polícia(foto: Vitor Wiasnam)
Rua onde aconteceu o acidente segue fechada pela polícia (foto: Vitor Wiasnam)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade