UAI
Publicidade

Estado de Minas MERCADO IMOBILIÁRIO

Ruas mais valorizadas de BH têm metro quadrado acima de R$ 14,5 mil

Fernandes Tourinho, na Savassi, e Alvarenga Peixoto, no Santo Agostinho, lideram ranking divulgado por startup do setor imobiliário


06/12/2021 12:58 - atualizado 06/12/2021 16:32

Ruas de Belo Horizonte
Levantamento inédito feito pela Loft listou listou os endereços mais valorizados de Belo Horizonte (foto: Rede Comunicação/Divulgação )

Um levantamento desenvolvido pela Loft, startup que atua no setor de compra e venda de apartamentos, apontou os endereços mais valorizados de Belo Horizonte. Localizadas próximas uma da outra, as ruas Fernandes Tourinho, no Savassi, e Alvarenga Peixoto, no Santo Agostinho, lideram o ranking.

 

O valor anunciado do metro quadrado nas duas vias ultrapassa os R$ 14,5 mil, valor 2,1 vezes maior do que a mediana do metro quadrado na cidade hoje, que está em R$ 5,4 mil. Na prática, isso significa que um apartamento com 110 metros quadrados localizado em uma dessas ruas pode custar mais de R$ 1,5 milhão ao novo morador. Para efeito de comparação, um imóvel com a mesma metragem localizado no bairro Coqueiros, na Região Noroeste de BH, que tem um dos metros quadrados mais baratos da cidade, custaria aproximadamente R$ 200 mil.

 

"A Fernandes Tourinho é uma das vias mais bem localizadas da capital. Abriga restaurantes, bares, clubes e lojas, permitindo que quase tudo seja feito a pé, o que proporciona qualidade de vida. Também é próxima da Avenida do Contorno, sendo de fácil acesso para quem dirige. Recentemente, ganhou novos empreendimentos, com área de lazer e outras comodidades, o que valoriza os imóveis”, explica Tomas Pires, Head de Operações da Loft em Belo Horizonte.

 

A pesquisa indicou também os bairros que mais valorizaram no período, com Santa Lúcia, Lourdes e Funcionários se destacando nas três primeiras posições. Somente entre julho e novembro deste ano, o valor do metro quadrado no Santa Lúcia saltou R$ 6,3 mil. No Lourdes, R$ 3,4 mil e no Funcionários R$ 2,9 mil.

 

"O Santa Lúcia é sempre lembrado como um dos bairros mais procurados para se viver em Belo Horizonte. Também está bem posicionado na cidade, tem ruas arborizadas e uma boa infraestrutura de comércio e serviço. São características que ganharam ainda mais importância nos últimos meses, com a pandemia, o que ajuda a explicar a valorização", destaca Pires.

 

A listagem mostrou, ainda, como pode haver grandes variações de preço dentro de um bairro. A mediana do metro quadrado no Savassi, por exemplo, é de R$ 9,2 mil; ou seja, o preço do metro quadrado na rua Fernandes Tourinho é 62% maior.

 

Estudos realizados pela startup mostram que há dois grandes fatores que influenciam no preço de um imóvel: a localização, que engloba a disposição do bairro na cidade, se a rua é calma, mas com fácil acesso a grandes vias para deslocamento, ofertas de serviços, lazer e transporte e índices de segurança; e padrão de construção, que engloba idade do imóvel, oferta de amenidades e serviços no condomínio e homogeneidade do padrão de construção dos prédios próximos.

 

O levantamento levou em consideração apartamentos anunciados para venda entre julho e novembro deste ano, dentro e fora da plataforma, em 1.136 ruas localizadas em 182 bairros da capital. A amostra considerou apenas ruas com ao menos quatro anúncios publicados.

 

Confira o top 10 ruas mais valorizadas de BH:

 

1. Rua Fernandes Tourinho

2. Rua Alvarenga Peixoto

3. Rua Padre Marinho

4. Rua Ouro Preto

5. Rua Américo Scott 

6. Rua Dias Adorno

7. Rua Rodrigo Otávio Coutinho

8. Rua Professor Moraes

9. Rua Samuel Pereira

10. Rua Felipe dos Santos

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade