Publicidade

Estado de Minas ATIVISTA

Greta Thunberg pede que líderes da UE façam o 'possível' pelo clima

A jovem de 17 anos também pediu ao presidente francês Emmanuel Macron que 'assuma suas responsabilidades' na luta contra as mudanças climáticas e mantenha sua 'promessa' de estar na vanguarda no assunto


14/10/2020 14:55 - atualizado 14/10/2020 15:13

(foto: AFP)
(foto: AFP)
Na véspera de uma cúpula em Bruxelas, a ativista ambiental sueca Greta Thunberg pediu nesta quarta-feira (14) aos líderes da UE que "façam o possível" para melhorar a nova meta de redução das emissões de gases de efeito estufa até 2030.


Em entrevista à AFP, a jovem de 17 anos também pediu ao presidente francês Emmanuel Macron que "assuma suas responsabilidades" na luta contra as mudanças climáticas e mantenha sua "promessa" de estar na vanguarda no assunto.


A UE deve definir até janeiro uma meta de redução de seus gases de efeito estufa para 2030 e terá de superar grandes desafios para aplicá-la, uma questão espinhosa na agenda da cúpula de quinta-feira dos 27.


"Nada do que foi proposto ou impulsionado está de acordo com o que a ciência nos diz", disse a líder sueca do movimento "Fridays for Future" em entrevista realizada via Zoom, da qual participou também a jovem ativista alemã Luisa Neubauer.


A Comissão Europeia propôs em meados de setembro o objetivo de uma redução de 55% nas emissões de gases do efeito de estufa da UE até 2030 em comparação com os níveis de 1990, contra uma meta atual definida em -40%, a fim de atingir a "neutralidade de carbono" em 2050. O Parlamento Europeu apelou a uma redução de pelo menos 60%.


"Pedimos que façam o máximo possível, façam o que puderem", disse Greta Thunberg à AFP, enquanto se recusou a sugerir uma meta, porque "não há número mágico ou data mágica".


A jovem pediu "a criação de orçamentos de carbono anuais e vinculativos que se apliquem agora, não apenas em 2030 e 2050".


Os chefes de Estado e de Governo vão abordar o assunto na quinta-feira em seu encontro, também dedicado ao Brexit, mas não deverão decidir antes de sua próxima reunião, nos dias 10 e 11 de dezembro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade