Publicidade

Estado de Minas

Trump vai restaurar tarifas sobre aço e alumínio de Brasil e Argentina

Anúncio foi feito nesta segunda-feira pelo presidente americano nas redes sociais


postado em 02/12/2019 08:43 / atualizado em 02/12/2019 09:42

(foto: AFP / SAUL LOEB )
(foto: AFP / SAUL LOEB )

Os Estados Unidos imporão tarifas sobre as importações de aço e alumínio procedentes de Brasil e Argentina, anunciou nesta segunda-feira o presidente Donald Trump.


"Brasil e Argentina desvalorizaram fortemente suas moedas, o que não é bom para nossos agricultores", tuitou Trump.


"Portanto, com vigência imediata, restabelecerei as tarifas de todo aço e alumínio enviados aos Estados Unidos por esses países".


Trump também pediu ao Federal Reserve para "agir da mesma forma" para que outras nações não "aproveitem mais o nosso dólar forte desvalorizando ainda mais suas moedas".


No ano passado, Trump anunciou tarifas globais de 25% para o aço e 10% para o alumínio, mas em março concordou em suspendê-las para a Argentina e o Brasil, além de vários outros países inicialmente incluídos.


Referenciando essas tarifas em um tuíte subsequente, o presidente americano afirmou que os mercados dos Estados Unidos tinha subiram "em até 21%" desde então.


Apesar disso, o aço americano continuou sofrendo com o declínio geral do emprego e a produção parou nos altos-fornos no mês passado. 

Na última sexta-feira (29) a moeda norte-americana voltou a subir atingindo, em valores nominais (desconsiderando a inflação) o segundo maior nível desde a criação do real. O dólar comercial encerrou o dia vendido a R$ 4,241, com alta de R$ 0,025 (+0,58%).


Publicidade