UAI
Publicidade

Estado de Minas INVESTIGAÇÃO E PRISÃO

Suspeito de quatro estupros em Uberlândia é preso dentro de igreja

Suspeito tem ainda um estupro tentado registrado na cidade, além de condenação pelo mesmo crime datada de 2016


22/06/2022 16:10 - atualizado 22/06/2022 16:24


Imagem da delegacia da Polícia Civil em Uberlândia
Polícia Civil prendeu suspeito de estupros em Uberlândia (foto: Vinícius Lemos)


O homem procurado por estupros em série em Uberlândia foi preso na noite dessa terça-feira (21/6) na cidade do Triângulo Mineiro escondido no teto de uma igreja. Ele tem 32 anos e foi encontrado por uma equipe da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher. O suspeito negou as acusações feitas pela Polícia Civil.
 
Apesar da negativa, segundo as delegadas Lia Valechi e Ludmila Carneiro, que comandaram as investigações, há provas que sustentam a autoria dos crimes por parte do homem, incluindo coleta de materiais genéticos. Ele é suspeito de cometer quatro estupros consumados e ainda tentar mais um. Ele vinha agindo na cidade desde janeiro de 2022.
 
De acordo com a polícia, com a sequência dos crimes, um serviço de inteligência e apuração foi montado para tentar encontrar o autor. Houve a identificação e apresentação de provas, o que sedimentou um pedido de prisão preventiva, o qual foi concedido pela 2ª Vara Criminal de Uberlândia.
 
Ele, que trabalha com serviços gerais, estava escondido no telhado de uma igreja no bairro Shopping Park, zona sul da cidade. "Ele tinha sido condenado por estupro em 2016", disse a delegada Lia Valechi. Ela destacou que o exame de DNA possibilitou a apuração e a prisão.
 
O suspeito foi ouvido nesta quarta-feira (22/6) na Delegacia da Mulher e encaminhado para o presídio Uberlândia 1.
 

Os estupros

Os crimes tiveram início em janeiro, quando uma mulher de 19 anos foi atacada no bairro Shopping Park, mas conseguiu fugir antes que ele pudesse consumar o estupro.
 
A segunda investida foi em fevereiro, no bairro Gávea, contra uma jovem também de 19 anos, segundo a polícia, em frente a um shopping da cidade. O terceiro ataque foi também em fevereiro, no bairro Novo Mundo contra uma mulher de 29 anos. 
 
Em abril, ele voltou a atacar no bairro Shopping Park e a vítima foi uma mulher de 18 anos. O último foi em maio. Ele estuprou uma mulher de 23 anos, também no Novo Mundo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade