UAI
Publicidade

Estado de Minas No Sul de Minas

Acidente na BR-459, em Caldas, deixa quatro mortos e cinco feridos

Motorista fez ultrapassagem proibida ao voltar da festa em Santa Rita de Caldas e bateu de frente com outro veículo, nesse domingo (22/5)


23/05/2022 17:58 - atualizado 23/05/2022 21:02


Imagem de veículos envolvidos no grave acidente em Caldas
Veículo fez ultrapassagem proibida ao voltar de festa e causou acidente com quatro mortes na BR-459, no Sul de Minas (foto: Polícia Rodoviária Federal)
 
Quatro pessoas morreram em um acidente na BR-459, em Caldas, nesse domingo (22/5). Um homem de 26 anos dirigia um Astra sentido a Poços de Caldas e, ao fazer uma ultrapassagem proibida, bateu de frente em um Linea.
 
Três pessoas que estavam no Astra e um passageiro do Linea morreram no local. O SAMU e os bombeiros socorreram cinco pessoas que estavam gravemente feridas. A rodovia ficou totalmente interditada entre 22h45 e 1h50 desta segunda-feira.
 
A Polícia Rodoviária Federal informou que o motorista do Astra voltava da uma festa em Santa Rita de Caldas. O veículo estava com seis pessoas. O motorista, uma mulher e uma criança morreram. Entre as vítimas graves estão dois passageiros de 26 e 27 anos e uma criança, que não teve a idade informada.
 
Um passageiro que estava no banco de trás do Linea morreu no local. Ele tinha 22 anos. O motorista de 24 anos e outro passageiro, de 19 anos, ficaram em estado grave. Todos os feridos envolvidos no acidente foram levados para a Santa Casa de Poços de Caldas. O hospital não forneceu informações sobre o estado de saúde das vítimas.
 
Devido à gravidade do acidente. até a Polícia Militar auxiliou no atendimento após o acidente. A perícia da Polícia Civil esteve no local, e os corpos foram levados para o IML de Poços de Caldas. As pessoas que estavam nos dois veículos são de Poços de Caldas, informou a PRF. (Nayara Andery/ Especial para o EM.)


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade