UAI
Publicidade

Estado de Minas VIOLÊNCIA

Corpo de suposta vítima de roubo é encontrado em Ravena, distrito de Sabará

Segundo o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMG), como o local era de difícil acesso, foi necessário fazer rapel para extrair o corpo


22/04/2022 13:58 - atualizado 22/04/2022 16:23

Viatura e militar do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais (CBMG)
CBMG informou que, em tese, o homem estava desaparecido após ter o seu caminhão de carga roubado por uma quadrilha no mês passado (foto: Paulo Filgueiras/EM/D.A. Press)
O corpo de um homem em avançado estado de decomposição foi encontrado nessa quinta-feira (21), no acesso rural da BR-381, em Ravena, distrito do município de Sabará, Região Metropolitana de Belo Horizonte. Conforme o Corpo de Bombeiros de Minas Gerais, o local era de difícil acesso e, por isso, foi necessário fazer rapel para conseguir extrair o corpo. 

Os bombeiros informaram que o homem estava desaparecido após ter o caminhão de carga dele, com produtos de limpeza, roubado por uma quadrilha, no dia 28 de março. A família da vítima, que era de Governador Valadares, na Região do Rio Doce, teria acionado a polícia do interior, pois não tinha contato com o caminhoneiro desde o assalto. No dia 1º de abril, o veículo foi encontrado no Bairro Jardim Vitória, na região Nordeste da capital.

As investigações indicaram movimentações financeiras na conta do motorista e, com isso, a polícia conseguiu prender cinco suspeitos, quatro homens e um adolescente, que confessaram o roubo do caminhão, enquanto o caminhoneiro passava pelo trevo de Ravena. Na ocasião, o caminhão teria perdido a velocidade em uma subida, o que facilitou a ação. 

Local de extração do corpo era de difícil acesso

De acordo com os bombeiros, as buscas começaram na manhã de ontem, com o uso de mapas, localização via GPS e cães. Os militares fizeram uma trilha alcançando o cume de um relevo da área, onde perceberam o odor característico de decomposição. 

Com a pista, as equipes concentraram os esforços no local e, após fazer uma atenta varredura, notaram que o odor estava mais característico na beira do paredão, além de uma suposta passagem pelas plantas e de um galho quebrado. 

Segundo o Corpo de Bombeiros, os equipamentos de rapel foram buscados e, em seguida, um dos militares desceram atrás do corpo, que foi encontrado rapidamente. Por se tratar de um suposto roubo, a Polícia Civil foi acionada, a fim de dar continuidade à extração. 

Com a orientação da perícia, o corpo, em estado avançado de decomposição, conseguiu ser retirado do local, sendo encaminhado até uma viatura da Polícia Civil.

Em contato com a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), foi informado à reportagem que a investigação ainda está em andamento e que os detalhes da apuração serão informados tão logo avancem os trabalhos.




receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade