UAI
Publicidade

Estado de Minas INTERIOR DE MINAS

Homem com 11 passagens pela polícia atropela 4 pessoas em Uberlândia

O atropelamento ocorreu em um dos locais mais movimentados da cidade e o motorista foi preso pouco tempo depois; ele usava tornozeleira eletrônica


14/03/2022 16:40 - atualizado 14/03/2022 16:56

Depois de atropelar pessoas, motorista bateu em carro na avenida
Depois de atropelar pessoas, motorista bateu em carro na avenida (foto: Divulgação/Corpo de Bombeiros)
Um homem foi preso depois de passar com seu carro em meio a uma multidão, no Centro de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, e atropelar quatro pessoas na madrugada desta segunda-feira (14/3). O momento foi flagrado por câmeras de segurança. O atropelamento teria acontecido como uma tentativa de vingança, depois de uma briga. Nenhum dos feridos, entretanto, teria relação com esse desentendimento. O suspeito usava tornozeleira eletrônica.
 
 
 
Teria havido uma briga próximo à Praça Ruy Barbosa, local que concentra bares na Região Central da cidade. O suspeito, então, pegou seu carro e acelerou contra pessoas que supostamente estavam perto da praça. Como não conseguiu, deu a volta e novamente atirou o carro contra pessoas, dessa vez passando pelo meio da praça cheia de frequentadores.
 
Após atingir as quatro vítimas, ele chegou a bater em uma veículo que passava pela Avenida Floriano Peixoto. Em seguida, fugiu pela contramão. Ele voltou a bater seu carro já zona Leste da cidade, onde foi encontrado coberto de sangue e acabou detido.
 
Assim como o suspeito, três das vítima tiveram ferimentos graves e foram levados para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). A quarta vítima estava com quadro menos grave e recebeu atendimento na Unidade de Atendimento Integrado do bairro Tibery.
 
Preso 11 vezes

Em entrevista coletiva, a Polícia Militar afirmou que o motorista tem 25 anos, foi preso e apontado como autor de homicídio tentado e lesão corporal. Ele descumpria a prisão em regime semiaberto e tem 11 passagens pela polícia.
Ainda de acordo com a PM, quando foi preso, foi possível constatar que ele havia bebido antes de dirigir.
 
Vítimas inocentes

Em relação à briga que desencadeou o atropelamento, a polícia informou que não se sabe exatamente o que levou à pancadaria, no entanto, os verdadeiros alvos pretendidos pelo suspeito não foram atingidos e os quatro feridos não teriam agredido o motorista.
 
Polícia Civil
 
A reportagem do Estado de Minas tentou entrar em contato com a Polícia Civil para entender se haverá uma investigação do caso, mas até o fechamento desta matéria o órgão não retornou nosso pedido. A matéria será atualizada caso a polícia entre em contato.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade