UAI
Publicidade

Estado de Minas BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

COVID-19: vagas em leitos públicos estão perto do fim em BH

Situação agravou ainda mais no fim de semana


17/01/2022 19:23 - atualizado 17/01/2022 19:23

Ocupações nos leitos de UTI e enfermaria da rede SUS-BH já passaram dos 80%
Ocupação nos leitos de UTI e enfermaria da rede SUS-BH já passou dos 80% (foto: Eduardo Valente/Shoot/Estadão Conteúdo)
A ocupação de leitos de UTI e enfermaria na rede SUS-BH para tratamento de pacientes com sintomas do coronavírus permanece elevada e a situação é bem crítica, com as taxas acima dos 80%. De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado pelo município nesta segunda-feira (17/1), houve alta de internações no fim de semana.

 

As ocupações em enfermaria e UTI da capital aumentaram de 74,3% para 82,7% e de 75% para 82,2%. A transmissão do coronavírus também avançou na capital. O número médio de transmissão por infectado (RT), que mostra o índice de contaminação pelo coronavírus na cidade, subiu de 1,13 para 1,16. Ou seja, a cada 100 pessoas infectadas pelo coronavírus, há risco de outras 116 se contaminarem.

 

O número de casos confirmados da doença chegou a 304.138. Os recuperados são 291.077. Em acompanhamento médico estão 5.930 e o número de óbitos chegou a 7.131, sendo um óbito contabilizado pela COVID-19 no fim de semana.

 

Em reposta, a Prefeitura anunciou nesta segunda-feira (17) a abertura de 34 novos leitos de enfermaria para atendimento exclusivo aos pacientes com COVID-19 na Rede SUS-BH. Com esse incremento, Belo Horizonte passa a contar com 424 vagas nas enfermarias da rede pública de saúde. Ainda de acordo com o município, houve também um aumento de nove leitos de UTI para receber pacientes com sintomas graves do coronavírus. Com isso, o total de leitos de UTI na rede pública subiu para 115.

 

A Prefeitura de Belo Horizonte ainda destaca que é importante reforçar que pacientes com quadros gripais, ainda sem resultado para a COVID-19, também podem estar internados nos leitos de UTI e enfermaria dedicados à doença, já que os sintomas são semelhantes.

 

Gráfico
(foto: Arte/EM/D.A press)
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade