UAI
Publicidade

Estado de Minas 5 CASAS DESABAM

Chuvas causam deslizamentos em Ibirité; duas pessoas foram resgatadas

Principais bairros afetados foram Durval de Barros, Redenção, Jardim das Rosas, Novo Horizonte e Palmares. Cinco casas desabaram e 2 vítimas foram socorridas


08/01/2022 19:53 - atualizado 08/01/2022 20:22

Barranco desliza e ameaça casa em Ibirité
As fortes chuvas causaram vários pontos de deslizamentos em Ibirité. Cinco casas desabaram e duas vítimas ficaram presas nos escombros (foto: Reprodução Redes Sociais)
A Defesa Civil de Ibirité na Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH) recebeu mais de 237 ocorrências em relação às chuvas até às 18h deste sábado (8/1). A ocorrência mais grave ocorreu no bairro Durval de Barros, cinco casas desabaram e duas vítimas ficaram presas nos escombros.


 
 
O Corpo de Bombeiros foi acionado e o helicóptero pousou no Cristo, no Bairro Durval de Barros, para prestar socorro a um desabamento de terra sobre residências. Cinco casas desabaram e duas vítimas ficaram presas nos escombros. Elas foram retiradas com vida e encaminhadas ao hospital. Sete casas foram interditadas e cerca de 40 pessoas foram retiradas da residência.
 
Os principais bairros afetados pelas fortes chuvas deste sábado foram: Redenção, Duval de Barros, Jardim das Rosas, Novo Horizonte e Palmares. No período de 1º de outubro de 2021 até esta sexta-feira (7/1) já são 79 pessoas desalojadas, 42 desabrigadas e nove casas danificadas. Os dados referentes a este sábado (8/1) ainda serão contabilizados pela Defesa Civil.
 
Na Estrada Velha de Ibirité, na MG-040, uma árvore caiu e interditou as vias nos dois sentidos. Também houve deslizamento de terra na Rodovia Renato Azeredo.
 
Para as pessoas que necessitam, lonas estão sendo disponibilizadas pela Defesa Civil. O órgão funciona dentro da Prefeitura de Ibirité.
 
O prefeito de Ibirité, William Parreira visitou os locais mais atingidos e pediu que as pessoas que estão nas áreas de riscos que saiam de casa e procurem um local seguro como a casa de parentes ou amigos. “Vamos dar assistência, mas no momento a nossa preocupação é com a vida das pessoas. A chuva persistente já dura uma semana e o solo está muito encharcado. Por isso, peço a você que mora em encostas que busque um local seguro para ficar. Caso verifique rachaduras ou movimentação do solo, saia imediatamente de casa”, pontuou o prefeito.
 

Ações da Prefeitura

 
Sete equipes da Defesa Civil de Ibirité estão mobilizadas para realizar o atendimento nos locais onde houve ocorrências. O Corpo de Bombeiros também está sensibilizado quanto a situação.
 
Além do atendimento externo, um grupo de trabalho interno da Defesa Civil também está realizando o atendimento à população. O CEI do bairro Duval de Barros e a Escola Municipal Professora Carmelita Carvalho Garcia (CAIC) já estão preparados para receber os desabrigados e desalojados.  
 

Previsão de risco geológico  

 
Desde sexta-feira (7/1), a cidade de Ibirité está em alerta de movimentos de massa a nível moderado, feito pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN).
 
A Prefeitura de Ibirité informou que as áreas de risco de movimentos de massa no município caracterizam-se pela densa ocupação de encostas e talvegues de média a alta declividade por moradias de alta vulnerabilidade construídas em corte e aterro, com lançamento de lixo nas encostas, ausência de sistemas de drenagem e coleta de águas servidas, trincas, muros embarrigados, erosão nos taludes e deslizamentos recorrentes.
 
Os números da Defesa Civil em Ibirité são:
(31) 99392-0450, (31) 993922025, (31) 99392-0160, (31) 99293-0700 ou (31) 3079-6042.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade