UAI
Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Com explosão de casos de sintomas gripais, Itabira adota novos fluxos

Houve aumento de mais de 300% nos atendimentos nos dois hospitais da cidade na última semana. PSFs estarão abertos neste sábado para atender demanda


07/01/2022 13:40 - atualizado 07/01/2022 13:48

Fachada de unidade do Programa de Saúde da Família em Itabira
Os quatro PSFs de Itabira estarão abertos neste sábado para atendimentos exclusivos de sintomas gripais (foto: Prefeitura de Itabira/Divulgação)
A crescente procura por atendimento médico provocado pelo avanço das síndromes gripais em Itabira, na Região Central de Minas, exigiu da secretaria municipal de Saúde uma mudança no fluxo de acolhimento dos pacientes que se apresentam com sintomas de Influenza ou COVID-19. Todas as 32 unidades básicas de saúde (UBSs) serão direcionadas para atendimento de sintomáticos gripais, com triagem, testagem de COVID-19 e direcionamento à rede de urgência somente quando necessário.
 
A medida busca desafogar os hospitais de Itabira, completamente congestionados por causa da procura que ganhou força desde a última semana de dezembro. O movimento é intenso e crescente, segundo a assessoria de comunicação da Prefeitura de Itabira.
 
As duas principais portas de entrada de urgência e emergência em Itabira são o Pronto-Socorro, que é municipal, e o Pronto Atendimento do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), que é para particular e de saúde suplementar. Nestes dois locais, o número de atendimentos de pacientes com sintomas gripais nas últimas semanas aumentos consideravelmente.
 
No Pronto-Socorro Municipal de Itabira houve aumento de 32 atendimentos para 190 no período de 13 de dezembro de 2021 até 4 de janeiro deste ano. O índice representa um crescimento de 494%. Já no Pronto Atendimento (PA) do Hospital Nossa Senhora das Dores (HNSD), o número de pacientes com sintomas gripais saltou de 37 para 152, um aumento de 310% no mesmo período.
 
PSFs priorizarão atendimentos de sintomas gripais 
 
A Prefeitura informou que para fazer a mudança do fluxo, agendamentos tradicionais do Programa Saúde da Família (PSF) estarão suspensos. Cada UBS irá reservar duas tardes por semana para realizar atendimentos a gestantes, puérperas e do Programa Hiperdia. Essas datas serão informadas diretamente pelas equipes aos pacientes.
 
“A nossa principal preocupação hoje é aliviar o Pronto-Socorro. O que percebemos é que a grande maioria dos pacientes que procuram a rede de urgência está com sintomas leves, muitos em busca de testagem. Então, vamos direcionar essas pessoas aos PSFs, que passam a ser de livre demanda para sintomáticos respiratórios. Nessas unidades elas passarão por uma triagem, serão testadas e, se for necessário, aí sim serão direcionadas ao Pronto-Socorro”, explica a secretária municipal de Saúde, Luciana Sampaio.
 
Paralelamente, a secretaria municipal de Saúde mantém até essa sexta-feira (7/1) a testagem de assintomáticos, em um posto montado no Terminal Rodoviário Genaro Mafra, no Centro de Itabira. As equipes estão no local entre 8h e 15h30, com testes de antígenos via partículas nasais. O resultado é entregue em poucos minutos.
 
O município prepara a abertura de uma nova porta de entrada para esses pacientes. O ambulatório está sendo adaptado no Hospital Municipal Carlos Chagas (HMCC) e a estimativa é de que já esteja pronto para ser usado no início da próxima semana.
 
“Temos visto no Brasil todo as dificuldades dos municípios com essa crescente das síndromes gripais, puxadas pelas novas cepas da COVID-19 e da Influenza. Itabira não é diferente. Felizmente temos uma rede que nos permite essa adaptação. Estamos trabalhando muito e contra o tempo para proporcionar um atendimento mais ágil e confortável para o cidadão neste momento de crise”, finaliza Luciana Sampaio.
 
PSFs estarão abertos neste sábado das 7h às 17h
 
Neste sábado (8/1) os quatro PSFs da cidade estarão abertos durante o dia para atender casos exclusivos de síndromes gripais.

Os PSFs funcionarão de 7h às 17h, com equipes completas, triagem e testagem para COVID-19. Estarão funcionando as seguintes unidades: Pedreira I e II, Gabiroba de Cima I e II, João XXIII/Machado e Nossa Senhora das Oliveiras.
 
Itabira não registra lotação em internação
 
Mesmo com a crescente procura por atendimento médico e com alta no número de infectados por COVID-19, Itabira não tem registrado alta no número de internações por causa da doença. Os óbitos também estão estabilizados, sendo que a última morte foi computada em outubro de 2021.
 
Boletim divulgado nessa quinta-feira (6/1) pela secretaria municipal de Saúde aponta que Itabira tem duas pessoas internadas em UTI devido à COVID-19, mas uma delas é de Santa Maria de Itabira, cidade vizinha. Na enfermaria há apenas um paciente, com origem de São Gonçalo do Rio Abaixo.
 
O município tem ainda 351 pessoas infectadas em isolamento domiciliar. Desde o início da pandemia, Itabira soma 24.034 casos positivos e 368 óbitos decorrentes da doença.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade