UAI
Publicidade

Estado de Minas SOLENIDADE

Governo retoma troca da guarda como proposta de turismo cívico em BH

Palácio da Liberdade terá cerimônia todo primeiro domingo do mês. Na estreia, banda da Polícia Militar tocou o Hino do Atlético em homenagem ao bicampeonato


05/12/2021 12:34 - atualizado 05/12/2021 13:10

cavalos da PM saindo do palacio da liberdade
Troca da Guarda Governamental no Palacio da Liberdade (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)

A tradicional e solene cerimônia da Troca da Guarda Governamental no Palácio da Liberdade, em Belo Horizonte, foi retomada neste domingo (5/12). O evento, aberto ao público, atraiu dezenas de pessoas. Com inspiração londrina, a proposta da retomada é inaugurar uma espécie de turismo cívico na capital que vai se repetir todo primeiro domingo de cada mês.



“A cultura é parte principal da liturgia das coisas, é preciso nos atentarmos a certos momentos que nos lembram quem somos, de onde viemos e lança luz para onde vamos. E além de tudo, faz com que o amor à pátria, ou seja, o amor à terra, no nosso caso de Minas Gerais, cresça, vibre e permaneça nos nossos corações”, comemorou Leônidas Oliveira, secretário de Cultura e Turismo de Minas Gerais.

O secretário ressaltou que, na próxima terça-feira (7/12), será inaugurada a iluminação de Natal na cidade. “Teremos uma imensa árvore de natal com presépio, a Praça da Liberdade também ficará iluminada. Vai ser bom para fortalecer esse Centro de BH. Natal é um momento de irmos às ruas”, comentou.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Rodrigo Sousa Rodrigues, ressaltou que o estado tem os melhores índices de segurança do país, fazendo com que os turistas se sintam à vontade em circular e conhecer a história mineira.

cerimonia de troca de guarda
Governo retoma a troca da guarda neste domingo (5/12) (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)


“É um privilégio ver isso voltar, e num momento em que Minas está no topo da segurança. É muito orgulho para todos nós da Polícia Militar atender bem os turistas, inclusive de outras línguas, para que eles retornem e aproveitem as belezas da nossa Minas Gerais. Esse marco hoje nos enche de alegria e satisfação”, afirmou o coronel.

Cerimônia com homenagem ao Atlético

A cerimônia foi feita repleta de ritos militares, que chamam a atenção do público pela beleza e precisão de movimentos unidos.

Carolina Franco Pinto Coelho com o marido Roberto Pinto Coelho e os filhos guilherme, 3, Rafael, 5 e Eduardo, 8 vestidos com camisa do Atletico
Carolina Franco Pinto Coelho com o marido Roberto Pinto Coelho e os filhos Guilherme, Rafael, e Eduardo (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)


“A gente acha muito importante levar as crianças para esses momentos cívicos. São valores importantes que a gente deve ter: patriotismo e honestidade”, comenta Carolina Franco Pinto Coelho, de 41 anos. “Foi bem bacana a interação da PM com o público, que está cada vez mais próxima. A gente vê que eles têm a preocupação em se aproximar da população, principalmente das crianças”, observa.

Após a cerimônia, os músicos da PMMG com o projeto Banda na Praça se apresentaram e, por fim, homenagearam o Atlético, consagrado bicampeão brasileiro na última quinta-feira (2/12).



A família de Carolina se sentiu em casa. “As crianças ficaram enlouquecidas quando tocou o Hino do Galo", conta. Vestidos com o manto alvinegro, ela, o marido e os três filhos têm compromisso marcado para a tarde: assistir o jogo entre Atlético e Bragantino no Mineirão. 

Palácio da Liberdade

O Palácio da Liberdade é o primeiro patrimônio público tombado pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG), em 1975. Na década de 1990, passou a ser protegido também pela Prefeitura de Belo Horizonte.

Com a pedra fundamental datada de 1895, é de onde partiu a construção da capital mineira, que primeiro foi instalada ao redor do complexo da Praça da Liberdade. Hoje, é um importante espaço cultural do Circuito Liberdade.

Sede histórica do governo do estado, lugar central para deliberações políticas e sociais, o palácio é um símbolo do poder republicano, e também marca a transição do Império para a República.

Como visitar o Palácio

As visitas devem ser agendadas pelo Sympla e os ingressos são gratuitos. Por enquanto, acontecem aos sábados e domingos, com marcações para 10h, 11h, 13h, 14h e 15h. Os jardins podem ser apreciados nas faixas das 10h15 e 13h15.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade