UAI
Publicidade

Estado de Minas TRADIÇÃO

BH: mostra 'Presépios no imaginário mineiro' entra em cartaz neste sábado

A exposição gratuita reúne 45 peças feitas por dezenas de artesãos mineiros e fica em cartaz até dia 16


03/12/2021 14:57 - atualizado 03/12/2021 15:12

Presépio
Mostra 'Presépios no imaginário mineiro' entra em cartaz neste sábado (4/12) (foto: Divulgação/Seplag)
Para os apaixonados pelos símbolos natalinos, entra em cartaz a partir deste sábado (4/12) a mostra “Presépios no imaginário mieniro”. A exposição, gratuita, é atração para toda a família e se estende até o próximo dia 16 de dezembro, na sala temporária da Galeria do Centro de Arte Popular (CAP), no Circuito Cultural Praça da Liberdade. 

A mostra conta com um acervo de 45 presépios feitos pelas mãos de 40 artesãos mineiros, de todas as regiões do estado. Os presépios são o resultado de um trabalho minucioso e artístico e são símbolos de uma das mais antigas tradições do Natal. 

A curadoria é de responsabilidade do artista plástico e colecionador, Edgar Garcia Maciel. A realização e do Centro de Artesanato Mineiro (Ceart – MG) e do Centro de Arte Popular (CAP),  em parceria com o Governo de Minas,  por meio das secretarias de Desenvolvimento Econômico (Sede) e de Cultura e Turismo  (Secult),  pela Lei de Incentivo à Cultura com patrocínio da Cemig. A mostra conta ainda com o apoio do Sebrae Minas.
 
“A mostra enfatiza essa rica tradição de montar presépios, disseminada há séculos pelo mudo afora e que em Minas é muito forte”, ressalta o curador. Para ele, a representação do nascimento do menino Jesus é resgatada com maestria na exposição. 

“A exposição resgata o significado de uma data lúdica, marcante em nossas infâncias, que traz novas esperanças e expectativas de mudanças em tempos tão difíceis para todos”, completa. 

Tradição popular 

Para os artesãos, a oportunidade de expor seus trabalhos colabora com a manutenção da tradição. Ao cultivar a religiosidade e a celebração de um momento histórico tão importante, a proposta da exposição é, sobretudo, manter viva a cultura da arte popular mineira. 

“Cada um dos artesãos dá sua contribuição para que cada presépio, embora trate do mesmo tema, tenha algum diferencial. É uma mostra que vale a pena ser vista”, convida o curador. 

Serviço 

  • Data: 4/12 a 16/12
  • Local: Centro de Arte Popular – Rua Gonçalves Dias, 1.608, Circuito Cultural da Praça da Liberdade
  • Entrada gratuita






receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade