UAI
Publicidade

Estado de Minas BELO HORIZONTE

Comerciante tem banca destruída na comemoração do título do Atlético

Sandra Leite tem a banca na Praça Sete há 25 anos e passou por problema semelhante em 2013


03/12/2021 13:12 - atualizado 03/12/2021 13:47

Banca destruída
Banca de Sandra Leite foi destruída após torcedores subirem no imóvel (foto: Gladyson Rodrigues/EM/DA Press)
A festa do Atlético, campeão brasileiro pela segunda vez em sua história nessa quinta-feira (2/12), não foi para todos. Sandra Leite, de 63 anos, chegou para trabalhar nesta sexta-feira (3) e se deparou com uma verdadeira tragédia.

A banca que administra, na Praça Sete de Setembro, Região Central de Belo Horizonte, estava com o teto destruído após torcedores, que comemoraram a conquista da Série A do Campeonato Brasileiro durante toda a madrugada, subirem na banca e destruírem o equipamento.

A comerciante, emocionada, disse que não sabe se vai conseguir recuperar o imóvel. "Quando cheguei aqui minha banca estava toda quebrada, de novo, mais uma vez", afirmou, ela que também sofreu com o vandalismo em 2013, quando o Galo se sagrou campeão da Copa Libertadores pela primeira e única vez até então.

Ver galeria . 12 Fotos Comerciante tem a banca de jornais e revistas destruída na comemoração do título do AtléticoGladyston Rodrigues/EM/D.A Press
Comerciante tem a banca de jornais e revistas destruída na comemoração do título do Atlético (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press )
"O conserto da minha banca na época foi R$ 12.500, ninguém me ajudou em um centavo, nenhum centavo, agora não tenho dinheiro para arrumar isso aqui mais não", afirmou, desolada.

A Polícia Militar de Minas Gerais esteve no local, e um Boletim de Ocorrência foi registrado. "Estava uma turma, mais de 100 homens em cima da banca, que destruiu a banca todinha. Quebrou foi tudo, isso aí é perda total, chamei o rapaz para olhar, deu perda total, não tem como consertar mais".

"Eu vou fazer vaquinha, eu não tenho dinheiro para consertar isso aqui, não. Eu não tenho como, tive um AVC há um ano, estou tomando cinco remédios de uma vez. Então, preciso de ajuda, pelo amor de Deus, quem puder ajudar, ou puder me dar um imóvel novo", disse Sandra, que detém o ponto há 25 anos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade