UAI
Publicidade

Estado de Minas ABSURDO

Mulher é agredida e ameaçada de morte pela filha de 12 anos em Minas

Mãe denunciou a própria filha às autoridades após alegar ter sido agredida e ameaçada de morte; o motivo seria a não aprovação do namoro da pré-adolescente


01/12/2021 16:18 - atualizado 01/12/2021 16:42

viaturas policiais
Polícia Militar atendeu a ocorrência e encaminhou mãe e filha à delegacia (foto: Imagem ilustrativa - diegoparra/Pixabay)
Uma mulher de 32 anos pediu socorro às autoridades na noite dessa terça-feira (30/11) após alegar ter sido agredida e ameaçada de morte pela própria filha, de 12 anos. A mulher contou aos militares que foi intimidada com uma faca devido ao fato de não aceitar o namoro da pré-adolescente. O caso ocorreu em Patrocínio, no Alto Paranaíba mineiro.
 
A mãe denunciou às autoridades que levou um chute no abdômen antes de ser ameaçada. A pré-adolescente ficou descontrolada após a mãe tentar ver o celular dela, segundo o registro policial. A mãe disse que não aprova o namoro pelo fato da filha ter 12 anos.
 
 
Os policiais levaram, ainda, mãe e filha para a a Delegacia de Plantão da Polícia Civil de Patrocínio. 
 
Segundo o artigo 122 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), a pessoa que ainda não completou 18 anos que praticar ato infracional equiparado ao crime de ameaça com conduta de grave ameaça, a partir do uso de armas brancas, pode sofrer pena de aplicação de medida socioeducativa de liberdade assistida.

Se o crime for praticado duas vezes, a aplicação da medida socioeducativa é a internação.   


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade