UAI
Publicidade

Estado de Minas SEM SEXO DEFINIDO

Mulher acha feto em freezer meses após receber 'pacote de carne' de vizinha

Caso aconteceu no Bairro Flávio Marques Lisboa, em Belo Horizonte, na noite dessa terça (30/11). Polícia investiga o fato


01/12/2021 08:42 - atualizado 01/12/2021 12:49

Rua Falcão, Bairro Flávio Marques Lisboa, Belo Horizonte
Rua Falcão, no Flávio Marques Lisboa, onde mulher encontrou feto dentro de geladeira em BH (foto: Reprodução/Google Street View)
Uma mulher encontrou um feto dentro de sua geladeira, mais de um ano após receber um 'pacote de carne' de uma vizinha em Belo Horizonte. Nessa terça (30/11), ela acionou a Polícia Militar ao abrir uma sacola preta e se deparar com um pé humano.

O caso aconteceu na Rua Falcão, no Bairro Flávio Marques Lisboa, Região do Barreiro da capital mineira. Segundo a PM, a testemunha, de 56 anos, contou que recebeu o conteúdo de uma vizinha quando ainda vivia na Vila Bernadete, na mesma regional da cidade.

De acordo com a polícia, a mulher contou que a vizinha, denominada 'Grazi', lhe pediu para guardar o que seria uma carne, já que não tinha geladeira. Sem saber do que se tratava, a testemunha atendeu ao pedido, mas se incomodava com o fato de a vizinha nunca buscar o alimento em sua casa.

Desde então, a mulher se mudou para o Flávio Marques Lisboa e levou consigo a carne. Nessa terça, porém, ela disse à polícia que decidiu reorganizar a geladeira e se deparou com o feto.

Conforme o boletim de ocorrência, a mulher repassou aos policiais o telefone de Grazi, a partir do qual a testemunha conversava com a suspeita na tentativa de convencê-la de buscar a carne.

Segundo a mulher, Grazi tem cabelos ondulados pretos, é um pouco obesa, preta e tem cerca de 1m60. A PM informou que acionou a perícia da Polícia Civil, que não soube identificar o sexo do feto, já que ele estava bastante congelado.

A ocorrência seguiu para a Central Estadual de Plantão Digital da Polícia Civil. Em nota, a PC informou que "o corpo foi removido imediatamente ao Instituto Médico-Legal (IML) em Belo Horizonte, onde está sendo submetido a exames. Até o momento, não houve suspeito conduzido".
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade