UAI
Publicidade

Estado de Minas FLEXIBILIZAÇÃO

COVID-19: Pará de Minas desobriga uso de máscaras em locais abertos

Uso do equipamento de proteção individual será facultativo nas ruas e locais abertos do município e obrigatório no transporte público


23/11/2021 13:46 - atualizado 23/11/2021 13:53

Reunião dos integrantes do comitê de saúde
Comitê de Saúde concordou com a desobrigação do uso de máscaras (foto: Divulgação/Prefeitura de Pará de Minas)
A Prefeitura de Pará de Minas, na Região do Central do estado, desobrigou o uso de máscaras de proteção em locais abertos. A decisão foi tomada após uma reunião realizada pelo Comitê Gestor de Prevenção e Contingenciamento em Saúde - COVID-19, que acompanha o avanço da doença no município, nessa segunda-feira (22). A nova norma deve ser publicada nesta terça-feira (23).
 
A decisão de flexibilizar o uso das máscaras foi tomada por unanimidade entre os participantes do órgão regulador da doença. Ela consta no Decreto nº 11.763/2021 que deve ser lançado no Diário Oficial dos Municípios Mineiros ainda nesta terça-feira (23). A partir da publicação, a regra passará a vigorar em toda a cidade.
 
De acordo com o secretário de Saúde, Wagner Magesty, a decisão é um avanço, porém, não deixa de ser também uma preocupação. 
 
"A gente vê como um grande avanço, mas de certa forma há uma preocupação. Esperamos que o comportamento da sociedade defina os rumos da pandemia para que a gente chegue ao fim", disse. 
 
Segundo o decreto municipal, o uso da máscara será facultativo apenas em ambientes abertos. Sendo assim, será de responsabilidade exclusiva dos proprietários dos estabelecimentos comercias fiscalizar o comportamento dos clientes em locais fechados. Caso haja o descumprimento das normas, os comerciantes estarão sujeitos a sanções e multas.
 
Na reunião do comitê de saúde, ficou determinado o uso obrigatório de máscaras aos usuários do transporte coletivo municipal e intermunicipal. Enquadram-se nesse quesito: passageiros, motoristas cobradores e funcionários das concessionárias de ônibus.
 
 
A exigência do EPI se estende aos usuários dos serviços de táxi, moto-táxi e aplicativos de mobilidade urbana, bem como os respectivos motoristas de cada modalidade.
 

COVID-19 em Pará de Minas

 
Pará de Minas registrou, até essa segunda-feira (22), 7.440 casos confirmados do novo coronavírus, sendo que 285 terminaram em morte. Já se recuperaram 7.150 pessoas. Uma ainda está internada no município e outras quatro cumprem o isolamento domiciliar.
 
Sobre a vacinação, 66.696 pessoas receberam a primeira dose dos imunizantes contra a COVID-19 e 35.662 já receberam as duas doses.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade