UAI
Publicidade

Estado de Minas Combate à violência

Operação Vetus II combate crimes contra o idoso em Minas

Ação é nacional, foi lançada em 15 de outubro último e já mostra resultados positivos


18/11/2021 15:30 - atualizado 18/11/2021 23:13

Policiais civis fiscalizam casa de idosos
Policiais fiscalizaram 11 lares e abrigos de idosos nesta quinta-feira (foto: PCMG)

 

Desde 15 de outubro, a Polícia Civil realiza, em toda Minas Gerais, a Operação Vetus II, que tem como objetivo, combater crimes de violência contra idosos, por meio de ações coordenadas das forças de segurança do estado e o Ministério Público, especialmente das unidades especializadas de proteção ao idoso.

 

 

 

Esta quinta-feira (18/11) foi denominada de o dia "D" da operação, quando foram realizadas visitas e verificação se há descumprimentos de medidas protetivas e fazer um balanço dos trabalhos realizados por diversos órgãos envolvidos nesta grande operação, coordenada, em Minas, pela Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e capitaneada em todo o país pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. Vinte e seis dos 27 estados da federação participam.


Quatrocentos e setenta e oito municípios mineiros participaram das ações, com 338 vítimas atendidas e outras 30 resgatadas. A ação conta com a participação de 1.177 policiais, entre civis e militares, e 481 viaturas.


Até o momento, depois de 30 dias de operação, foram realizadas 688 visitas e diligências policiais em abrigos, lares, residências e demais locais de moradia dos idosos. Foram cumpridos nove mandados de busca, 17 mandados de prisão e 42 Medidas Protetivas de Urgência (MPU) solicitadas.


No total, 13 pessoas já foram presas, sendo realizados seis autos de apreensão em flagrante de ato infracional, 36 autos de prisão em flagrante lavrados, 25 boletins de ocorrência circunstanciados lavrados, 71 inquéritos policiais concluídos, 120 inquéritos policiais instaurados e 44 termos circunstanciado de ocorrências lavrados.


Além do socorro às vítimas, ações de fiscalização das instalações dos lares e abrigos, bem como a verificação do correto armazenamento de alimentos e demais itens, também foram realizadas pelo Corpo de Bombeiros e pela Vigilância Sanitária.


Segundo o diretor da Diretoria do Centro Integrado de Comando e Controle de Minas Gerais, Edson Alves, a operação Vetus II busca reprimir não apenas a violência visível, mas também aquela que não é visível. “As visíveis são as mortes e lesões, já as invisíveis são as que não deixam marcas no corpo, mas trazem desesperança, medo e sofrimento. Por isso, nesse cenário de pandemia, em que vemos o aumento dos crimes domésticos, a operação é mais do que necessária. A participação de cada instituição está sendo essencial para o sucesso da Operação. Minas Gerais conta com os maiores indicadores e resultados da operação.”


Crime violento


A violência contra o idoso é crime previsto em lei e pode ter pena de dois meses a um ano de reclusão, além de multa. Denúncias podem ser feitas através do Disque Direitos Humanos (Disque 100) ou no Disque Denúncia (181).


Nesta quinta-feira, no dia “D” da campanha, foram feitas 11 visitas de verificação de descumprimento de medidas protetivas. Um homem foi conduzido em flagrante à Delegacia Especializada em Atendimento à Pessoa com Deficiência e ao Idoso por descumprimento de medida protetiva em relação a uma idosa.


 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade