UAI
Publicidade

Estado de Minas NAS REDES SOCIAIS

Há dois anos, Marília Mendonça revelou o desejo de não viajar mais de avião

Publicação foi feita pela artista no dia 5 de novembro de 2019 no Twitter e voltou a ser compartilhada nas redes sociais nesta sexta-feira (5/11) após sua morte


05/11/2021 22:05 - atualizado 05/11/2021 22:19

A cantora Marília Mendonça
Marília Mendonça teve uma carreira meteórica na música sertaneja, desde que estreou como cantora, em 2015 (foto: Instagram/Reprodução)
Há exatos dois anos, a cantora Marília Mendonça, de 26 anos, que faleceu em um trágico acidente aéreo na tarde desta sexta-feira (5/11),  fez uma publicação no Twitter afirmando que gostaria de não ter mais que viajar de avião. Após a tragédia, essa publicação veio à tona novamente. Além da artista, estão entre os mortos seu tio e assessor, o produtor, o piloto e o copiloto.
 
 
 
A Rainha da Sofrência, como também era chamada, escreveu no dia 5 de novembro de 2019 que “trocaria qualquer coisa para não ter que ficar pegando avião”. Na sequência, ela complementou: “Só pra ficar pertinho da família. Mas, é isso! Somos mais fortes do que imaginamos.”
 
 
“Gente, mas eu sonhei com água, queda d’água, cachoeira, rio à noite todinha (...) e não mijei na cama”, escreveu Marília à época. O tuíte voltou a ser compartilhado na web pelo fato da queda do avião ter acontecido perto de uma cachoeira na serra de Caratinga.
 
 
 
Tragédia em MG
 
Faltavam apenas 4 km para artista e sua equipe concluírem a viagem entre Goiânia e Caratinga, no Vale do Rio Doce, quando a aeronave caiu em Piedade de Caratinga. 
 
Conforme a Polícia Militar, o piloto da aeronave teria tentado fazer um pouso forçado  e colidiu com as pedras da cachoeira. “Infelizmente, essa aeronave, quando estava próxima do aeroporto, teve dificuldade para aterrissar e tentou um pouso forçado”, informou o capitão Jefferson Luiz Ribeiro, chefe da comunicação da PM na cidade.
 
O avião que levava Marília Mendonça e sua equipe para Caratinga saiu do Aeroporto Santa Genoveva, em Goiânia, às 13h02, segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero). Foram quase 2h30 de voo. Os primeiros chamados para o Corpo de Bombeiros dão conta de que a aeronave caiu por volta das 15h30.
 
O avião, de prefixo PT-ONJ, pertence à PEC Táxi Aéreo, sediada em Goiânia. A aeronave estava em aproximação final para pouso no Aeroporto de Ubaporanga, quando caiu faltando 4 km para chegar na cabeceira da pista.  O acidente aconteceu próximo à BR-474.
 
Carreira meteórica
 
Marília Mendonça teve uma carreira meteórica na música sertaneja, desde que estreou como cantora, em 2015. Antes disso, ela já desempenhava um papel importante no meio como compositora, ainda adolescente.
 
A visibilidade nacional veio a partir da música “Infiel”, faixa de seu primeiro DVD, lançado em 2016. A partir daí, a cantora sertaneja emplacou uma série de outros sucessos, como “Sentimento louco”, “De quem é a culpa?”, “Amante não tem lar”, “Como faz com ela”, “Supera” e “Bebi liguei”, entre outros.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade