UAI
Publicidade

Estado de Minas TRAGÉDIA

Cachoeira onde avião de Marília Mendonça caiu fica em condomínio

Moradores do espaço relataram susto ao ouvir barulho causado pela queda da aeronave; além da cantora, quatro pessoas morreram


05/11/2021 19:34 - atualizado 05/11/2021 20:59

O avião da cantora Marília Mendonça, que caiu nesta sexta (5)
Cantora Marília Mendonça morreu em acidente aéreo no Vale do Rio Doce (foto: CBMMG/Divulgação)
A cachoeira  onde caiu o avião da cantora Marília Mendonça, em Piedade de Caratinga, no Vale do Rio Doce, fica dentro de um condomínio de classe média-alta. O acidente ocorreu nesta sexta-feira (5/11) quando a aeronave da artista estava a cerca de quatro quilômetros do aeroporto de Ubaporanga. O  estrondo ouvido no momento da tragédia assustou moradores.

O conjunto de casas que abriga a cachoeira fica nas proximidades da serra de Piedade de Caratinga. O curso d'água é utilizado para o abastecimento hídrico dos moradores do entorno.

No local, batizado Condomínio da Cachoeira, vivem cerca de 30 famílias. Nas proximidades, há um hotel fazenda. Trata-se de uma área de zona rural.

Marília, de 26 anos, se dirigia ao aeroporto caratinguense para realizar shows em Minas Gerais. Ela iria se apresentar na cidade nesta sexta. Depois, iria a Ouro Branco, Divinópolis e Taiobeiras.

A "Patroa", como era carinhosamente chamada pelo público, saiu de Goiânia (GO) no início da tarde de hoje. A viagem em direção ao Aeroporto de Caratinga tinha distância programada de 1.180 quilômetros.

 

O avião da cantora Marília Mendonça, que caiu nesta sexta (5)
Cantora Marília Mendonça morreu em acidente aéreo no Vale do Rio Doce (foto: CBMMG/Divulgação)
 

 

Arte sobre o acidente em Minas
(foto: Arte/EM/D.A press)
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade