UAI
Publicidade

Estado de Minas HOMICÍDIO

Polícia indicia dois por assassinato em Taparuba, no Vale do Rio Doce

Vítima estava comprando cachaça e foi morto por ter reconhecido dois homens que pretendiam assaltar alambique


28/09/2021 15:03 - atualizado 28/09/2021 19:37

Vítima foi morta por ter reconhecido homens que pretendiam assaltar o dono de um alambique
Vítima foi morta por ter reconhecido homens que pretendiam assaltar o dono de um alambique (foto: Grupo Salinas/Divulgação)
Concluído o inquérito do assassinato, de um homem, de 25 anos, ocorrido no dia 14 de setembro, na cidade de Taparuba, no Vale do Rio Doce, com o indiciamento, pela Polícia Civil de Ipanema, de dois suspeitos, que estavam numa motocicleta e fugiram logo depois de atirarem.

Segundo as investigações, a vítima foi atingida por um tiro, no momento em que chegava de carro junto com a companheira, em um local onde funciona um alambique. O disparo o atingiu no momento em que ele comprava uma garrafa de cachaça.


Depois de atirarem na vítima, dois homens, que estavam numa motocicleta, fugiram do local. Tão logo foi comunicada do crime, a Polícia Militar iniciou uma busca na região, por uma motocicleta com dois ocupantes. A PM conseguiu localizá-los e prendê-los, em flagrante, junto com a arma, um revólver calibre 38.


Segundo os policiais, o crime seria motivado pelo fato de que os suspeitos pretendiam roubar o proprietário do alambique, no dia do crime, mas a vítima do homicídio acabou por reconhecê-los antes disso e estes acabaram atirando.

Na delegacia, os policiais confirmaram que os dois suspeitos já têm passagens policiais pelos crimes de roubo, tráfico de drogas e extorsão. Um deles tinha mandado de prisão por outro crime em aberto.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade