UAI
Publicidade

Estado de Minas APREENSÃO

População de Capelinha reprova retorno das aulas presenciais na cidade

Em consulta pública, 70% dos moradores afirmaram que não querem que as escolas voltem agora por medo da COVID-19


27/09/2021 20:25 - atualizado 27/09/2021 20:32

Consulta pública em Capelinha apoia que a volta às aulas presenciais aconteça apenas no ano que vem
Consulta pública em Capelinha apoia que a volta às aulas presenciais aconteça apenas no ano que vem (foto: Sérgio Mourão/Prefeitura de Capelinha)
Se dependese apenas dos moradores de Capelinha, cidade de 38 mil habitantes no Vale do Jequitinhonha, as aulas presenciais só voltariam no ano que vem. É o que aponta o resultado de uma consulta pública realizada desde o começo do mês pela prefeitura da cidade, e que teve o resultado divulgado nesta segunda-feira (27/9).
 
A pergunta disponibilizada no site da administração era: "Você concorda com volta às aulas presenciais no município de Capelinha ainda em 2021?". Ao todo 3.347 pessoas (pouco menos de 10% da população) responderam ao questionamento. O "não" venceu com 70,3% dos votos (2.354 moradores), enquanto o "sim" recebeu 993 votos (29,7%).
 
Além desse questionamento, o morador também teria que dizer se era morador da cidade, pai, aluno ou profissional da educação. Segundo o levantamento divulgado pela prefeitura, a distribuição dos votos ficou assim:
  • Pais de alunos ou responsáveis: 70% dos votos (2.342)
  • Alunos: 7,9% dos votos (264)
  • Servidores da Educação: 9,3% (312 votos)
  • Público em geral: 12,8% (429 votos)
Apesar da opinião dos moradores, a decisão ainda não está tomada de fato. Segundo a prefeitura, o Conselho dos Secretários de Saúde da Regional Diamantina (Cosems) vai discutir a volta às aulas das cidades que fazem parte do grupo no dia 8 de outubro.
 
Enquanto isto, a cidade tem um decreto municipal que determina a continuidade das aulas virtuais até o dia 31 de dezembro de 2021. Caso a decisão do Cosems decida pela volta das atividades, o decreto será revogado. 
 
Segundo os dados do governo de Minas Gerais, consultados nesta segunda-feira (27/9) pelo Estado de Minas , Capelinha tem 3.079 casos confirmados de COVID-19 desde o início da pandemia, em março do ano passado. Ao todo, 36 mortes já foram registradas.
 
Na vacinação, o município já tem 88,31% da população acima de 18 anos com a primeira dose, e 46,38% com o ciclo de imunização completo (com segunda dose ou vacina de dose única).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade