Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Laboratório prevê alta de 10% nos exames de COVID com público nos estádios

Exames de RT-PCR e testes rápidos terão preços mais acessíveis para torcedores e pessoas que precisarem apresentá-los em eventos


28/07/2021 18:35 - atualizado 28/07/2021 19:37

Torcedores e pessoas que quiserem ir a shows precisam apresentar exames negativos para COVID(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Torcedores e pessoas que quiserem ir a shows precisam apresentar exames negativos para COVID (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Com a liberação de torcedores para assistir aos jogos nos estádios de Belo Horizonte, a procura pela realização do teste RT-PCR (biologia molecular) para detecção do vírus da COVID-19 deve aumentar nos laboratórios. A apresentação do exame negativo, nos dias das partidas, é uma exigência da prefeitura. O Laboratório São Paulo prevê um aumento de 10% na procura pelos testes já nos próximos dias.

 

 

 

Diante disso, o laboratório decidiu por preços diferenciados para os exames RT-PCR (com o swab ou pela coleta da saliva) e teste rápido (sanguíneo), principalmente para sócios torcedores. 

 

“Eles vão ter preços mais acessíveis com prazo de liberação do resultado completamente diferenciado do mercado. Nosso prazo de liberação será de 12 horas”, explica Karina Santos Pereira, supervisora comercial do Laboratório São Paulo. 

 

Para quem não for sócio, mas apresentar o ingresso ou uma forma de comprovar que vai ao jogo também poderá fazer o teste por um preço mais barato, com o mesmo prazo de liberação. 

 

“O laboratório vai oferecer a vacina da gripe quadrivalente gratuitamente para quem for aos jogos. Se a pessoa optar por realizar o atendimento domiciliar, para não ter que se deslocar até o laboratório, vamos dar 50% de desconto na taxa da coleta domiciliar. 

 

Segundo Karina, as vacinas serão aplicadas de acordo com a disponibilidade de estoque e o benefício não pode ser transferido para outra pessoa. 

 

“Como o exame de RT-PRC é coberto pelos planos de saúde, se a pessoa conseguir apresentar uma guia de encaminhamento também vai receber a vacina e o desconto na taxa domiciliar.”

 

Ela lembra que essas condições também serão oferecidas para as pessoas que quiserem participar de eventos, como casamentos e shows.

 

Testes rápidos e aumento da equipe

 

Karina explica que o laboratório estuda a possibilidade de oferecer o serviço na porta dos estádios

 

“Estamos estudando colocar uma tenda do laboratório fora dos estádios para poder fazer o teste rápido sanguíneo, com prazo de liberação do resultado de 2 horas. Mas, ainda não sabemos se vai ser possível a compra do ingresso na hora dos jogos.”

 

Além disso, o custo desse tipo de teste é mais alto e a capacidade maior. “Se o volume de torcedores for muito grande o laboratório não conseguirá atender a demanda.”

 

Ela afirma que, por enquanto, não será preciso criar uma equipe especial para atender a este público específico.

 

“Nossa equipe já é bem estruturada tanto para atendimento domiciliar quanto nas unidades. Mas se a demanda nos domicílios aumentar muito, a gente consegue abrir mais agendas para fazer esses atendimentos.”

 

*Estagiária sob supervisão  



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade