Publicidade

Estado de Minas PLENAMENTE IMUNIZADA

COVID-19: JF atinge 25,14% da população imunizada com a 1ª e 2ª doses

O índice sobe para 70% da população quando considerada apenas a primeira dose, o que não garante a imunização plena


27/07/2021 17:18 - atualizado 27/07/2021 17:58

Mais de 25% da população em Juiz de Fora já está plenamente imunizada(foto: Carlos Mendonça/PJF)
Mais de 25% da população em Juiz de Fora já está plenamente imunizada (foto: Carlos Mendonça/PJF)
A cada quatro moradores em Juiz de Fora, um já está plenamente imunizado contra a COVID-19. A marca atingida na cidade da Zona da Mata foi exaltada pela prefeitura nessa segunda-feira (26/7). Ainda de acordo o Executivo, mais de 70% do público-alvo já foi vacinado com a primeira dosagem.
 
"Com muita dedicação e planejamento, atingimos a marca de 25,14% de pessoas com a imunização completa na cidade!!! Parabéns a todas as equipes pelo trabalho bem feito!", publicou, nas redes sociais, a gestão municipal. 
 
Já a prefeita da cidade, Margarida Salomão (PT), afirmou que já foi feito muito, mas ainda "falta muitíssimo". "Nossos índices de vacinação são excelentes, mas não nos permitem abrir mão de cuidados básicos: máscara, álcool-gel, distanciamento. Essa é uma luta de todas e todos. Que sigamos comissionados compromissados em vencê-la", escreveu. 
 

Todos os adultos até agosto

 
Conforme noticiado pelo Estado de Minas, os juiz-foranos que têm entre 18 e 29 anos vão receber a vacina contra a COVID-19 até o dia 14 de agosto. Ao menos é o que promete a prefeitura local.
 
O novo calendário de vacinação foi anunciado pela prefeitura no dia 16 de julho e teve início nessa segunda-feira. Nesta quarta-feira (28/7), o processo de imunização segue com pessoas a partir dos 27 anos.
 
Também nessa segunda-feira, Margarida Salomão comemorou outra marca: a aplicação de mais de 11 mil doses em apenas um dia. “Mais precisamente, foram 11.780 pessoas vacinadas, sendo 10.218 apenas de primeira dose!”, escreveu.
 
 
 

Pessoas com síndrome de Down, paralisia cerebral e autistas

 
A Secretaria de Saúde da Prefeitura de Fora informou que pessoas com síndrome de Down, paralisia cerebral e autistas poderão ser imunizadas nesta quarta-feira (28/7), das 8h às 16h, na Associação de Livre Apoio aos Excepcionais (Alae), localizada na Rua Delorme de Carvalho, nº 53, Bairro Bom Pastor
 
O foco será a aplicação de segundas doses. Entretanto, quem ainda não tiver recebido a primeira dosagem poderá procurar o local, desde que possua 18 anos ou mais.
 

Grávidas e puérperas

 
As grávidas e puérperas (mulheres no pós-parto até 45 dias), que receberam a 1ª dose da AstraZeneca, poderão receber a segunda imunização. “Seguindo o protocolo do Ministério da Saúde, usaremos a Pfizer dessa vez”, explicou a chefe do Executivo em outra publicação nas redes sociais, desta vez no Facebook. 
 
A imunização para esse grupo acontece no Círculo Militar (Avenida Barão do Rio Branco, nº 3.146, Centro), das 8h às 16h, e cada mulher deve observar a data informada no cartão de vacinação.
 

O que levar na hora de se vacinar

 
A prefeitura esclarece que todos que forem receber a segunda dose devem levar o cartão de vacina para comprovar o recebimento da primeira. Além disso, quem se vacinou contra a Influenza deve esperar, pelo menos, 14 dias para ser imunizado contra o novo coronavírus.
 
As pessoas diagnosticadas recentemente com COVID-19 precisam aguardar um período mínimo de 30 dias após o começo dos sintomas ou do teste positivo (no caso dos assintomáticos) para receber a vacina.
 
Ainda conforme a administração municipal, o cidadão deve ter atenção à data de retorno no cartão, pois não são aplicadas vacinas antes do prazo estipulado. Além disso, é necessário apresentar documento original com foto (carteira de identidade ou motorista).
 

Vacinômetro em JF

 
Até o fechamento desta reportagem, o vacinômetro municipal não havia sido atualizado nesta terça-feira (27/7). Conforme dados divulgados na segunda-feira, o município totalizava 323.909 e 145.601 primeiras e segundas doses aplicadas, respectivamente. 

A cidade também já tem registrado, desde o início da pandemia, 40.881 casos confirmados de COVID-19 e 1.860 óbitos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade