Publicidade

Estado de Minas R$ 300 POR 3 MESES

Começa cadastro para o Auxílio Emergencial de Poços de Caldas

Podem se inscrever pessoas que foram demitidas de março de 2020 até agora. Regra anterior foi mudada após análise feita pela equipe da prefeitura


15/07/2021 08:00 - atualizado 15/07/2021 07:59

Auxílio será dado por 3 meses. Prefeitura ainda estima quantas famílias podem ser beneficiadas(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Auxílio será dado por 3 meses. Prefeitura ainda estima quantas famílias podem ser beneficiadas (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
 
Nesta quinta-feira (15/7) começa o cadastramento para moradores de Poços de Caldas, no Sul de Minas, que querem receber o Auxílio Emergencial Municipal. Serão pagas três parcelas de R$ 300. Devem procurar os dois locais de cadastro (que será feito presencialmente) apenas pessoas que nasceram entre os meses de janeiro e fevereiro.
 
Diferentemente do que foi anunciado no começo da semana, houve uma mudança na regra principal, sobre quem pode se inscrever.
 
Antes, apenas pessoas que haviam sido demitidas em abril poderiam se cadastrar para verificar a possibilidade de ganhar o auxílio.
 
Agora, o prazo foi ampliado para quem perdeu o emprego a partir do dia 21 de março de 2020, quando foi publicado o decreto de calamidade pública em função das consequências provocadas pela pandemia.
 
Serão três parcelas no valor de R$ 300 cada, pagas por meio da Caixa Econômica Federal. Segundo a prefeitura, após a divulgação de quem poderá receber o auxílio, o banco fará um levantamento para verificar quem já tem conta e quem precisa abrir uma para a retirada do dinheiro.

O pagamento será feito de forma escalonada, em datas que ainda vão ser divulgadas.
 
Para evitar aglomerações por causa da pandemia de COVID-19, será feito um escalonamento para que as pessoas procurem as duas unidades para cadastro, que será realizado de forma presencial.

Quem tem direito?

Segundo a prefeitura, pode ter acesso ao Auxílio Emergencial Municipal quem perdeu o emprego registrado em Carteira de Trabalho desde 21 de março de 2020, ainda não está recolocado e não esteja recebendo seguro-desemprego.

Caso a pessoa consiga um emprego após a concessão do auxílio, deve procurar a prefeitura imediatamente, sob pena de responsabilidade criminal.
 
A comprovação de residência em Poços de Caldas deve ser feita exclusivamente com uma conta de luz, no nome do interessado ou cônjuge. Essa é uma condição colocada pela prefeitura para evitar fraudes. 

Onde se cadastrar?

O cadastro poderá ser feito no Espaço Cultural da Urca, na região central da cidade, e no Programa Municipal da Juventude (PMJ) João Monteiro, o antigo SESI.

O horário de funcionamento das duas unidades é das 8h30 às 17h30. É obrigatório levar documento pessoal com foto, Carteira de Trabalho (CTPS) física ou digital, a conta de luz e preencher o formulário que será disponibilizado na hora

Locais de cadastro

  • URCA (Acesso principal) - Praça Getúlio Vargas, s/nº – Centro
  • PMJ João Monteiro (antigo SESI) - Av. Alcoa, 1.540 – Jd. Paraíso

Calendário de cadastro

  • 15/7 (quinta-feira): pessoas nascidas entre janeiro e fevereiro
  • 16/7 (sexta-feira): nascidos entre março e abril
  • 19/7 (segunda-feira): nascidos entre maio e junho
  • 20/7 (terça-feira): nascidos entre julho e agosto
  • 21/7 (quarta-feira): nascidos entre setembro e outubro
  • 22/7 (quinta-feira): nascidos entre novembro e dezembro
 
 
 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade