Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Decretada a prisão preventiva de ex-secretário acusado de matar ex-namorada

O acusado, Anderson Christian de Oliveira Costa, era secretário municipal de Esportes em São José do Jacuri. Seu nome já está na lista vermelha da Interpol


13/07/2021 11:56 - atualizado 13/07/2021 12:01


Policiais civis e militares cumprindo mandado de busca e apreensão contra o ex-secretário Anderson
Policiais civis e militares cumprindo mandado de busca e apreensão contra o ex-secretário Anderson "Momó" (foto: Divulgação Polícia Civil Minas Gerais)
 
Policiais civis e militares estão à procura do ex-secretário municipal de Esportes da Prefeitura de São José do Jacuri, Anderson Christian de Oliveira Costa, de 37 anos, acusado de matar com três tiros na cabeça, a sua ex-namorada, Natália Epifânia de Oliveira, de 23. O crime ocorreu na madrugada do domingo (11/7), durante uma festa que estava sendo realizada em um sítio, em São Pedro do Suaçuí.

A prisão preventiva de ex-secretário, que na região é conhecido como “Momó”, foi decretada pelo juiz Alan Raschke Jardim, de Peçanha. Na sentença de prisão preventiva, o juiz escreveu que o ex-secretário, “por razões da condição do sexo feminino, efetuou disparos de armas de fogo em desfavor de sua ex-namorada, vindo a óbito no local dos fatos”.

“A propósito, uma testemunha ocular relatou aos militares que o investigado chegou perto dela e de sua irmã (vítima) e da testemunha, Bruno dos Santos Martins, e fez 3 disparos de arma de fogo em direção a vítima, acertando-a na cabeça, sendo que a vítima veio a óbito no local. Afirmou que o investigado não a matou porque as munições do revólver acabaram”, registrou o juiz na sua sentença. 

Nesta terça-feira (13/7), o delegado de Polícia Civil, Rodrigo Nalon, disse que policiais civis e militares cumpriram dois mandados de busca e apreensão na residência do ex-secretário e no gabinete que ele ocupava na Prefeitura de São José de Jacuri. Foram apreendidos documentos e um notebook, que estão sendo periciados. 

O delegado informou que a Polícia Civil está em empenhada em prender o ex-secretário de Esportes, e já solicitou a inclusão de seu nome na lista vermelha do Interpol. “Estamos fazendo várias diligências pela região para cumprir mandado de prisão preventiva, solicitado por nós e deferido pela justiça”, disse.

Anderson “Momó” ocupava o cargo de Secretário Municipal de Esportes da Prefeitura de São José do Jacuri até na segunda-feira (12/7), quando foi exonerado do cargo pelo prefeito Cláudio José Santos Rocha, que considerou a conduta atribuída ao ex-secretário como incompatível com o cargo de confiança que ele ocupava.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade