Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19: 16% dos moradores de rua são vacinados e PBH muda estratégia

Até o momento, 1,4 mil foram vacinados; público a ser imunizado, porém, pode chegar a 8,5 mil pessoas


16/06/2021 14:12 - atualizado 16/06/2021 15:18

Morador em situação de rua no Centro de BH(foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press - 31/7/2020)
Morador em situação de rua no Centro de BH (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A. Press - 31/7/2020)
Para ampliar a cobertura vacinal da população em situação de rua, a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) vai criar salas volantes de vacina, dentro de vans, para imunizar esse público. A informação foi divulgada nesta quarta-feira (16/6).

Durante duas semanas, as quatro equipes do Consultório de Rua vão percorrer as nove regionais da cidade, passando por locais estratégicos, para realizar abordagem, sensibilização e vacinação dessa população, das 9h às 19h.

A administração municipal iniciou a imunização de pessoas em situação de rua, acima de 18 anos, em 26 de maio.

Até o momento, 1,4 mil foram vacinadas. O grupo a ser imunizado pode atingir até 8,5 mil pessoas - tendo como referência o cadastro único e aquelas atendidas e acompanhadas pelos serviços socioassistenciais, independentemente do período de atualização do cadastro.

A imunização das pessoas em situação de rua tem sido feita com a vacina AstraZeneca.


"É importante lembrar que o prazo para aplicação da segunda dose é de 12 semanas. Essa população acima de 60 anos ou com alguma comorbidade já foi ou está sendo vacinada", informou a PBH.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade