Publicidade

Estado de Minas DROGAS

Polícia Federal prende acusados de tráfico de drogas em Minas e Bahia

Em território mineiro, policiais prenderam um homem acusado de tráfico de drogas em sítio no Pico da Ibituruna, em Valadares, na operação Refúgio da Montanha


08/06/2021 15:27 - atualizado 08/06/2021 15:51

Parte do material apreendido pelos policiais da FICCO durante a operação Refúgio da Montanha, em Governador Valadares(foto: Polícia Federal/Divulgação)
Parte do material apreendido pelos policiais da FICCO durante a operação Refúgio da Montanha, em Governador Valadares (foto: Polícia Federal/Divulgação)
A Polícia Federal deflagrou nesta terça-feira (8/6) a operação policial Refúgio da Montanha e cumpriu cinco mandados de busca e apreensão em Salvador (BA) e Governador Valadares (MG).

A operação foi desenvolvida de forma conjunta com a Força Integrada de Combate ao Crime Organizado (FICCO) de Governador Valadares, coordenada pela Polícia Federal numa ação integrada com as polícias Civil, Militar e Penal. 
Os policiais atuaram para prender um homem que foi solto erroneamente do sistema penitenciário de Salvador – estava preso temporariamente e foi solto em 9 de julho de 2020, apesar de sua prisão temporária ter sido convertida em preventiva em 3 de julho de 2020.

Após a saída da penitenciária, ele fugiu para Governador Valadares, no Leste de Minas Gerais, e se refugiou em um sítio no Pico da Ibituruna.
 
Também cumpriram mandados de busca contra as pessoas que davam apoio ao foragido na área do Pico da Ibituruna e na área central de Governador Valadares, buscando novos elementos relacionados à prática do crime de tráfico internacional de drogas.

Outro mandado de busca e apreensão também foi cumprido na cidade de Lauro de Freitas, região metropolitana de Salvador.
 
Durante o cumprimento dos mandados, foram localizadas duas pessoas. No sítio onde estava escondido o homem acusado de tráfico de drogas, os policiais encontraram veículos, que foram apreendidos e terão seu destino definido pela Justiça Federal de Salvador.  
 
O nome da operação faz referência à montanha, ou seja, ao Pico da Ibituruna, considerado pelos pilotos de asa-delta e parapente como a "Capital Mundial do Voo Livre".

Foi nesta montanha que o homem, foragido da Justiça, se escondeu das autoridades policiais, supondo estar em um lugar seguro e insuspeito, mas acabou sendo preso nesta terça-feira (8/6).

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade