Publicidade

Estado de Minas ALGEMADA NUA

Mulher tira a roupa e depreda agência bancária

Testemunhas da confusão em BH relatam abordagem policial ríspida: 'Algemaram a senhora nua'


31/05/2021 09:42 - atualizado 31/05/2021 15:03

Mulher foi contida nua por policiais em agência da Caixa Econômica Federal na manhã desta segunda-feira (31/5)(foto: Arquivo pessoal)
Mulher foi contida nua por policiais em agência da Caixa Econômica Federal na manhã desta segunda-feira (31/5) (foto: Arquivo pessoal)
Uma mulher nua, em aparente sofrimento mental, depredou uma agência da Caixa Econômica Federal no Bairro da Graça, Região Nordeste da capital. Clientes da unidade bancária fotografaram a cena.

Segundo testemunhas, a senhora discutia com a filha na Avenida Cristiano Machado, quando tirou a roupa e correu para dentro do banco. No local, teria quebrado a porta e jogado móveis no chão. 

Acionada, a Polícia Militar conteve a mulher. Populares relatam que ela foi algemada e deixada sem roupa. "Algemaram a senhora nua. Podiam ao menos tê-la coberto com um pano, tratado a situação com um pouco mais de dignidade", pondera uma cliente da agência, que preferiu não ser identificada. 

O Estado de Minas solicitou posicionamento da Polícia Militar sobre o caso, além de mais detalhes sobre o andamento da ocorrência. Em nota, a corporação informou que a senhora estava em "aparente surto psicótico" e foi encaminhada para atendimento especializado no Centro de Referência a Saúde Mental (Cersam) Nordeste. 

A reportagem também procurou a Caixa Econômica Federal. Também por meio de nota, a estatal disse que, na manhã desta segunda-feira (31/05), funcionários do banco acionaram o serviço de socorro para auxiliar uma pessoa na sala de autoatendimento que, "aparentemente, não estava se sentindo bem".

"O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) atendeu prontamente ao chamado e encaminhou a pessoa para atendimento médico", diz o texto enviado pelo banco. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade