Publicidade

Estado de Minas MINAS

Mariana: Projovem pretende criar mais 100 vagas de emprego

As vagas do Projovem serão divididas em 75% para jovens em situação de vulnerabilidade social econômica e 25% para jovens em outras situações de risco


03/05/2021 19:37 - atualizado 03/05/2021 20:39

O Programa pretende empregar cerca de 300 jovens em situação de vulnerabilidade social na cidade(foto: Euler Júnior/EM)
O Programa pretende empregar cerca de 300 jovens em situação de vulnerabilidade social na cidade (foto: Euler Júnior/EM)
O primeiro dia de trabalho de Layza Crispim, de 17 anos, foi o início da realização do sonho profissional. A jovem deseja desde criança se tornar médica e vê na oportunidade de trabalho na Farmácia Popular, que fica na Policlínica Municipal de Mariana, Região Central de Minas Gerais,  maior visão sobre a profissão que quer seguir.  Esse incentivo ao trabalho de jovens entre 16 a 21 anos se deu por meio do Jovem Aprendiz e que agora em fase de ampliação na cidade proporcionará mais oportunidades ao público e ganha um novo nome - Projovem.
 
Foi publicado no Diário Oficial do Município, o Monumento, nesta segunda-feira (03/05), a ampliação do programa que agora além de alocar os jovens em situação de vulnerabilidade social para o setor público, também vai contar com setor privado no fomento ao primeiro emprego. De acordo com a Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedesc) de Mariana, 200 jovens da cidade já estão em atividade profissional, e com o Projovem serão mais 100 novos empregos.
 
De acordo com o secretário de desenvolvimento social e cidadania, Igor Gomes, as vagas do Projovem serão divididas em 75% para jovens em situação de vulnerabilidade social econômica e 25% para jovens em situação de quaisquer outras vulnerabilidades sociais.
 
“A lei vem para melhorar a qualificação da juventude e, com isso, vamos proporcionar escolaridade, aprendizado profissional e empregabilidade.
 
Contaremos com encaminhamento do Centro de Referência e de Assistência Social, Cras, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social, Creas, além das escolas”.
 
De acordo com o prefeito interino Juliano Gonçalves, o programa, por meio de uma equipe técnica, com assistente social e psicólogo, vai verificar as habilidades do jovem para que ele possa ser encaminhado ao setor público e/ou privado que melhor corresponda à vocação, ou aptidão para qualificação.
 
"Queremos valorizar o jovem e unir o poder público com setor privado. O jovem aprendiz ficava no ramo da administração pública e ele não tem oportunidade de trabalhar em empresas e diante disso foi feita uma lei e aprovada na Câmara Municipal para ampliar a oportunidade de trabalho para os jovens de 16 a 21 anos na cidade", disse. 
 
 
O primeiro emprego de Layza Crispim, de 17 anos, faz a jovem sonhar com o futuro profissional(foto: Divulgação/ Arquivo Pessoal)
O primeiro emprego de Layza Crispim, de 17 anos, faz a jovem sonhar com o futuro profissional (foto: Divulgação/ Arquivo Pessoal)
Para isso, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico serão responsáveis por cadastrar as empresas que manifestarem interesse em aderir ao Projovem.
 
"Faço um pedido a todos os empresários de Mariana. Você que quer ter uma empresa cidadã, participa desse programa, contrate um jovem e quem sabe daqui um ano você terá um profissional treinado em sua empresa", diz prefeito.
 
Segundo a jovem Layza Crispim, das 20 horas semanais que se dedicará ao novo emprego, quatro delas serão para treinamento e capacitação. Ela afirma que no primeiro dia de trabalho já teve aprendizado.
 
“Fui muito bem recebida, acho super importante o incentivo do trabalho ao jovem além de proporcionar experiência no mercado de trabalho vejo que vou aprender muito. Como a carga horária não é extensa, posso dedicar o restante das horas para estudar para o Enem e poder entrar na faculdade de medicina”.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade