Publicidade

Estado de Minas CONSCIENTIZAÇÃO

Forças de segurança fazem ação educativa sobre responsabilidade no trânsito

O movimento 'Maio Amarelo' acontece nesta segunda (3/5) ao redor da Praça da Liberdade, na capital mineira


03/05/2021 13:21 - atualizado 03/05/2021 14:49

Blitz para conscientizar motoristas a serem mais responsáveis no trânsito(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Blitz para conscientizar motoristas a serem mais responsáveis no trânsito (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) realiza uma blitz educativa, do projeto ‘Maio Amarelo’, reforçando a importância da responsabilidade no trânsito. O evento acontece nesta segunda-feira (3/5) em torno da Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte.
 
De acordo com a PCMG, o projeto surgiu em 2014 e conta com o apoio da Secretaria de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte (GCMBH) e Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV). O tema deste ano é “Respeito e Responsabilidade: pratique no trânsito”. A meta deste movimento é reduzir pelo menos 50% de lesões e mortes no trânsito no mundo. 
 
Organizadores e apoiadores do movimento durante a blitz(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Organizadores e apoiadores do movimento durante a blitz (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Participam da blitz servidores da Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG), Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), Guarda Civil Municipal de Belo Horizonte (GCMBH) e representantes da sociedade civil, que fazem a distribuição de materiais educativos e orientam pedestres, ciclistas, motoristas e motociclistas.
 
O delegado Eurico da Cunha Neto, diretor do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), que também faz parte do projeto, informou que a campanha reforça o papel de cada cidadão para um trânsito mais seguro. “Atitudes respeitosas e responsáveis no trânsito salvam vidas”, afirma.
 
Eurico Neto acrescentou que este é um evento mundial e está na oitava edição. “O movimento é para conscientizar as pessoas sobre como evitar os acidentes fatais e não fatais. Desta forma, vários órgãos da segurança e do governo se unem para sensibilizar as pessoas sobre essa guerra que a gente vive no dia a dia, em que várias pessoas morrem no trânsito.”
 
O diretor explica que as causas mais recorrentes dos acidentes se dão por uso do telefone celular ao dirigir, embriaguez ao volante e alta velocidade. “Muitas das vezes, duas causas estão envolvidas em um mesmo acidente, como, por exemplo, dirigir em alta velocidade usando o aparelho celular."
 
A escolha do mês se deu porque em maio de 2011 a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Na ocasião, governos de todo o mundo se comprometeram a adotar medidas para prevenir os acidentes no trânsito, que matam cerca de 1,2 milhão de pessoas por ano. Já a cor foi escolhida porque simboliza atenção e também a sinalização de advertência no trânsito.
 
A divulgação do material publicitário será feita também nas redes sociais da PCMG e dos apoiadores, por meio de lives.
 
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade