Publicidade

Estado de Minas ASSASSINATO

Preso homem que matou motoboy com tiro na cabeça em MG

Suspeito alega que o disparo foi acidental e que estaria se exibindo para amigos


29/04/2021 19:26 - atualizado 29/04/2021 22:52

Crime ainda é comentado pela população de Muriaé(foto: wikipédia.org)
Crime ainda é comentado pela população de Muriaé (foto: wikipédia.org)
Um homem de 28 anos, suspeito de ter cometido um homicídio triplamente qualificado em fevereiro deste ano, que teve como vítima um motoboy, de 26, em Muriaé, na Zona da Mata, foi preso nesta quinta-feira (29/4), em Guarapari (ES), consequência de um trabalho conjunto entre as polícia civis de Minas gerais e Espírito Santo.

 

 

Segundo o delegado Tayrony Espíndola, a vítima trabalhava fazendo entregas de motocicleta e foi atingida com um tiro na cabeça, quando trafegava pela Avenida José Máximo Ribeiro, no Bairro João XXIII. Esse disparo, segundo policias da  Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), da 4ª Delegacia Regional de Muriaé, teria partido de dentro de um veículo em movimento, quando ambos cruzaram a avenida.

 

Segundo depoimentos colhidos pelos policiais, testemunhas disseram que o suspeito teria feito um disparo de exibição contra uma placa de sinalização de trânsito, no exato momento em que o motoboy teria cruzado o seu caminho.

 

“Já que teve a plena visão da aproximação frontal da vítima e, mesmo assim, assumiu o risco de produzir o resultado, a partir de sua ação, a qual poderia e deveria perfeitamente evitar”, afirma o delegado.

 

Durante as investigações, o suspeito chegou a se apresentar na unidade policial em Muriaé, alegando ter dado um tiro acidental. Depois disso, foi para Guarapari, o que, segundo os policiais, seria para despistar a polícia. Ele estava foragido desde março. A pena prevista para homicídio triplamente qualificado varia de 12 a 30 anosd.

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade