Publicidade

Estado de Minas PAMPULHA

Adolescentes assaltam mulher e acabam detidos por militar reformado

Vítima foi rendida ao sair de um banco na Avenida Portugal na noite passada. O militar passava de moto pelo local quando flagrou a ação


14/04/2021 08:13 - atualizado 14/04/2021 08:38

Mulher havia acabado de passar por uma agência da Caixa na Avenida Portugal quando foi abordada por assaltantes em um estacionamento próximo(foto: Reprodução da internet/Google Maps)
Mulher havia acabado de passar por uma agência da Caixa na Avenida Portugal quando foi abordada por assaltantes em um estacionamento próximo (foto: Reprodução da internet/Google Maps)
 
 
Dois adolescentes de 17 anos foram apreendidos suspeitos de um assalto na noite dessa terça-feira (13/4) no Bairro Santa Amélia, Região da Pampulha, em Belo Horizonte. Eles foram flagrados por um policial militar reformado que chegou a atirar, mas ninguém foi atingido. 

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima, de 57 anos, disse que havia acabado de fazer um saque em uma agência da Caixa Econômica Federal na Avenida Portugal, voltou para o carro e se preparava para sair do estacionamento quando foi surpreendida por dois assaltantes.

Um dos assaltantes estava armado e obrigou a mulher sair do carro, ameaçando matá-la. Ele ainda a atingiu com uma coronhada na cabeça.

A mulher saiu correndo e voltou para a avenida, gritando por socorro. Foi quando o militar passou de moto e parou para ver o que estava acontecendo.

Nesse momento, segundo a PM, ele conta que viu o suspeito na direção tentando manobrar o carro, enquanto o outro estava no banco do carona. Este último, apontou a arma para o militar quando ele deu ordem de parada. Conforme a polícia, temendo ser atingido, o militar reformado sacou a arma e atirou quatro vezes. Um disparo atingiu o vidro da porta traseira.

Após os tiros, os dois adolescentes se renderam, desembarcando do carro e deitando no chão. A arma foi jogada em um jardim próximo. No entanto, os policiais que estiveram no local, após serem acionados por motoristas que passavam por uma base da PM, conseguiram localizar o objeto, que tratava-se de uma arma falsa.

Ainda de acordo com a PM, os suspeitos disseram que chegaram ao local de ônibus. Um deles contou que a intenção era roubar o carro “para dar uma volta” e vendê-lo depois.

Os adolescentes foram apreendidos e levados à Divisão Especializada em Orientação e Proteção à Criança e ao Adolescente (Dopcad). A vítima reclamava de dores na cabeça após o golpe, mas dispensou atendimento médico. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade