Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

COVID-19: Valadares registra maior média de casos e mortes em 2021

Os dados da 13ª semana epidemiológica apontaram o dobro do número de casos de COVID-19 em relação à semana anterior. Média de casos e mortes também aumentaram


02/04/2021 15:42 - atualizado 02/04/2021 16:07

Na manhã desta sexta-feira (020/4), um caminhão foi carregado com cilindros vazios na porta da Policlínica Central, que tinha uma grande número de pessoas à espera de atendimento(foto: Tim Filho)
Na manhã desta sexta-feira (020/4), um caminhão foi carregado com cilindros vazios na porta da Policlínica Central, que tinha uma grande número de pessoas à espera de atendimento (foto: Tim Filho)
A divulgação do número recorde de mortes por COVID-19 em Governador Valadares, com 14 mortes na quinta-feira (1º/04), deixou muita gente assustada. A ocupação dos leitos UTI COVID-19 SUS nos hospitais da rede pública e nos leitos UTI da rede particular se mantém 100% com fila de espera superior a 40 pacientes.

O recorde de mortes incomoda e revela que a situação está fora de controle. O matemático Carlos Roberto Torrente, coordenador regional da Olímpiada Brasileira de Matemática, que desde a primeira semana epidemiológica de 2021 tem feitos e divulgado as médias do número de casos confirmados pela COVID-19 e a média de mortes causadas pela doença, apurou um resultado muito desconfortável na última semana de março.

Na 13ª semana, a média de mortes atingiu 40,5. Na 12ª semana, a média foi 27,5. A evolução espantosa se deve ao colapso no atendimento às pessoas acometidas pela COVID-19, que tem um número expressivo de pacientes na fila de espera por um leito na UTI COVID-19 SUS.

Os dados com números de casos de COVID-19 e mortes causados pela doença em Governador Valadares, com a média de casos e mortes, calculadas pelo matemático Carlos Roberto Torrente(foto: Carlos Roberto Torrente Divulgação)
Os dados com números de casos de COVID-19 e mortes causados pela doença em Governador Valadares, com a média de casos e mortes, calculadas pelo matemático Carlos Roberto Torrente (foto: Carlos Roberto Torrente Divulgação)
A incidência da doença também aumentou nas últimas semanas, especialmente na 13ª, com 936,50. Em relação à 12ª semana, o número de casos praticamente dobrou.

É visível o grande número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus em Governador Valadares. Na Policlínica Central, ao lado do Hospital Municipal, o número de pessoas à espera de atendimento para fazer o teste COVID-19 é grande. Dia e noite, a recepção da Policlínica está sempre cheia.

Nesta sexta-feira (02/04), a movimentação na Policlínica foi intensa. Pela manhã, um caminhão de pequeno porte estava estacionado na porta da Policlínica buscando cilindros de oxigênio vazios para o reabastecimento.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade