Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Com 10 mortes por dia de COVID-19, Valadares tem 43 pessoas na fila por UTI

As 10 mortes registradas nesta terça-feira (30/3) elevaram para 709 o número de óbitos por COVID-19 na cidade, desde março de 2020


30/03/2021 19:10 - atualizado 30/03/2021 20:04

O Hospital Unimed Governador Valadares chegou á situação de colapso total no atendimento de pacientes acometidos pela COVID-19(foto: Tim Filho/Especial para o EM)
O Hospital Unimed Governador Valadares chegou á situação de colapso total no atendimento de pacientes acometidos pela COVID-19 (foto: Tim Filho/Especial para o EM)
Governador Valadares registrou mais 10 mortes pela COVID-19 nesta terça-feira (30/3). Outros cinco óbitos de pessoas que estavam internadas com os sintomas clássicos da doença foram documentados no boletim epidemiológico da Secretaria Municipal de Saúde, mas ainda dependem do resultado do exame para terem a causa confirmada. A fila de espera por um leito de UTI COVID-19 SUS está com 43 pessoas.

Na segunda-feira (29/3), também haviam sido registradas 10 mortes por COVID-19 em Valadares. Assim, a cidade totaliza 709 vidas perdidas para o novo coronavírus, desde março de 2020. Ainda há 71 mortes sob investigação.

Nos hospitais da rede pública e privada, a ocupação continua em 100%, e com fila de espera por vagas na UTI COVID-19. Na rede pública, dos 58 leitos UTI COVID-19 SUS, 51 estão ocupados por pacientes de Governador Valadares e 7 por pacientes de outras cidades.

No Hospital Unimed, a situção chegou ao limite. Na tarde desta terça-feira, a direção do hospital divulgou nota informando que está com sua unidade superlotada e admitiu que a situação é de colapso. Por isso, suspendeu o atendimento em caráter particular, por tempo indeterminado. 

Sobre os medicamentos usados para intubação de pacientes com COVID-19, o hospital informou que, como os demais da rede pública e privada de Minas e do Brasil, encontra muitas dificuldades para comprar os insumos.

"A urgente necessidade de encontrar fornecedores para atender à demanda levou o hospital a notificar os órgãos de saúde Municipal e Estadual, bem como o Ministério Público, mas ainda sem resposta", informou a direção do hospital, em nota.

Situação dramática


O Hospital Unimed de Valadares divulgou números que revelam a situação de colapso em sua unidade.

Até segunda-feira (29/3), havia 111 pacientes internados (suspeitos/confirmados), 10 em isolamento UTI, 10 em UTI confirmados com COVID-19, seis em UTI fora do período de transmissão, 25 internados na semi-intensiva, 70 em enfermaria e 34 suspeitos/confirmados COVID-19 em ventilação mecânica, além de dois óbitos.

Foram abertos 58 protocolos de Síndrome Gripal Leve.

"A Unimed Governador Valadares não tem medido esforços, dedicação, determinação e coragem para enfrentar o maior desafio desde o início das atividades do hospital, que ocorreu há quatro anos. Fazemos nossa parte e imploramos a todos que sigam as recomendações, não aglomere, use máscara e álcool em gel. Cuidar de você é cuidar de pessoas!", pediu a direção do hospital.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade