Publicidade

Estado de Minas Mais restrições

Com lei seca e barreiras, Sul de Minas se prepara para o feriadão de SP

Entre as medidas para evitar turistas de São Paulo estão a instalação de barreiras sanitárias e a proibição de venda de bebidas alcóolicas em várias cidades


26/03/2021 18:29 - atualizado 26/03/2021 19:52

Cidades do Sul de Minas instalam barreiras sanitárias por causa do feriadão em São Paulo(foto: Prefeitura de Borda da Mata/Reprodução)
Cidades do Sul de Minas instalam barreiras sanitárias por causa do feriadão em São Paulo (foto: Prefeitura de Borda da Mata/Reprodução)
Cidades do Sul de Minas estabeleceram medidas ainda mais restritivas no combate à COVID-19 que as previstas na onda roxa. Com a criação de um megaferiado em São Paulo, alguns municípios instalaram barreiras sanitárias e outros também decretaram lei seca para conter a entrada de turistas, o que pode aumentar a disseminação do novo coronavírus.

 

Em Pouso Alegre, a venda de bebidas alcóolicas por quaisquer pessoas e estabelecimentos, inclusive supermercados e congêneres, está proibida – até mesmo em sistema delivery.

Congonhal, Santa Rita do Sapucaí, Estiva, Andradas e Ipuiúna são algumas das cidades que também decretaram lei seca. A medida será válida até 4 de abril.

 

Outra medida adotada por muitos municípios é a instalação de barreiras sanitárias. Em Borda da Mata, a prefeitura informou que está proibida a entrada de turistas e até de pessoas que queiram visitar seus parentes na cidade.

Ouro Fino, Extrema, Turvolândia, Congonhal, Silvianópolis e Careaçu também vão restringir a entrada de pessoas por causa do megaferiado de São Paulo.

 

“É de suma importância nesse momento preservarmos a saúde de nossa população. Em outros tempos, turistas sempre serão bem-vindos e acolhidos da melhor forma possível, mas, nesse momento, nosso compromisso principal é com a saúde e a segurança sanitária dos moradores de nossa cidade”, comentou o Chefe de Governo de Ouro Fino, Carlos Cadan.

 

COVID-19 no Sul de Minas 

A macrorregião contabiliza 125.127 casos do novo coronavírus e 2.619 mortes desde o início da pandemia. Até agora, 111.967 pessoas já se recuperaram e 10.541 estão em acompanhamento. Os dados foram atualizados pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais nesta sexta-feira (26).

 

Neste momento, 546 pessoas estão internadas em leitos de UTI do SUS no Sul de Minas, sendo que 362 pacientes estão com COVID-19 ou suspeita da doença.

A ocupação de leitos de tratamento intensivo está em 85,71%. Já a proporção ocupada de leitos de UTI do SUS exclusivos para o novo coronavírus é de 92,82%. 

(Gabriella Starneck/Especial para o EM) 

 

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade