Publicidade

Estado de Minas LUTO

Educação em luto: Graciela Ravetti, professora da UFMG, morre nesta terça

Graciela era argentina e atuou como professora na UFMG por 29 anos; no comunicado não foi informado a causa de sua morte


24/03/2021 10:21 - atualizado 24/03/2021 12:41

A professora foi descrita pela UFMG como uma pessoa de humor apurado e habilidade para construir consensos(foto: Foca Lisboa/UFMG/Divulgação)
A professora foi descrita pela UFMG como uma pessoa de humor apurado e habilidade para construir consensos (foto: Foca Lisboa/UFMG/Divulgação)
A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), comunicou, nesta terça-feira (23/03), a morte da professora de Letras Graciela Inés Ravetti de Gómez, em Belo Horizonte. Em homenagem à profissional, a reitoria declarou luto de três dias.
 
A argentina, nascida em Tostado, na província de Santa Fé, teve um grande currículo na área da educação ao longo de seus anos de vida. Por 29 anos foi professora da UFMG e assumiu dois mandatos (2014-2018 e 2018-2022) como diretora da Faculdade de Letras da Universidade (Fale).

Sandra Regina Goulart Almeida, atual reitora da UFMG, lamentou a morte da amiga dizendo que sua dedicação ficará eternizada na Instituição e descreve Ravetti como uma “pessoa sempre aberta ao diálogo e à construção conjunta, dona de uma habilidade admirável para estabelecer consenso com base no respeito às diferenças”.

Para Sueli Maria Coelho, parceira de Graciela no comando da unidade de Letras como vice-diretora, a perda da colega de trabalho, também foi a perda de um dos grandes pilares da UFMG. “Era uma pessoa extremamente discreta, de inteligência rara e de humor arguto. Seu legado de pesquisadora renomada, de gestora eficiente e de defensora incondicional de uma educação pública de qualidade está gravado na Fale”, lamentou Sueli, agora diretora em exercício da Fale.
 
 
Além do marido, Ricardo, Graciela deixa dois filhos, Martin e Cecília Ravetti, também professores da UFMG, no Instituto de Ciências Exatas e da Faculdade de Medicina.   

 
Carreira


Além de professora titular em Estudos Literários na Fale, Graciela Ravetti atuou como pesquisadora visitante no Queen Mary, da Universidade de Londres, de 2009 a 2011 e coordenou a pós-graduação em estudos literários da UFMG de 2012 a 2014. 

Era mestra e doutora em Língua Espanhola e Literatura Espanhola e Hispano-americana pela Universidade de São Paulo e trabalhou também na Universidade de Rosário. Ela coordenou projetos internacionais com pesquisadores das universidades de Mar del Plata e La Plata, na Argentina, de Chile e de Londres.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade